PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Hamilton lamenta desempenho da Mercedes nos EUA: 'Sei o que está em jogo'

Kimi Raikkonen venceu o GP dos EUA de Fórmula 1 e adiou título de Lewis Hamilton - AP Photo/Darron Cummings
Kimi Raikkonen venceu o GP dos EUA de Fórmula 1 e adiou título de Lewis Hamilton Imagem: AP Photo/Darron Cummings

21/10/2018 18h14

Austin (EUA), 21 out (EFE).- O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, lamentou neste domingo (21) o desempenho da escuderia, ao terminar na terceira colocação o Grande Prêmio dos Estados Unidos de Fórmula 1, resultado que não foi o suficiente para garantir o título mundial por antecipação.

"Como equipe, não estivemos bem. Precisamos todos nos reunir e buscar uma forma de fazer as coisas de melhor maneira na próxima corrida", disse o líder da temporada, em referência ao GP do México, que acontecerá no próximo fim de semana.

Hamilton precisava ficar oito pontos na frente do alemão Sebastian Vettel, para ser campeão, mas, após ser ultrapassado pelo finlandês Kiki Raikkonen, da Ferrari - que venceu a corrida -, na largada, mudou a tática durante a entrada do Carro de Segurança Virtual, que foi acionado na nona volta, mas, a manobra não deu certo.

"Tentei evitar ficar fora, porque sei o que está em jogo. Se não estivesse disputando o campeonato, teria sido mais agressivo", disse o piloto, que alcançou a marca de 346 pontos, 70 a mais que o único concorrente vivo na disputa pelo título.

"Não me importa quando ganharei o campeonato. Só quero ganhar", completou o britânico.

Esporte