PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Sem Neymar, PSG goleia time de Ganso e chega a 10 vitórias no Francês

20/10/2018 19h41

(Atualiza com os demais jogos do dia).

Redação Central, 20 out (EFE).- O Paris Saint-Germain, sem o atacante Neymar, goleou neste sábado o Amiens, do meia Paulo Henrique Ganso, por 5 a 0, e alcançou a marca de dez vitórias no Campeonato Francês, em que segue com 100% de aproveitamento.

O zagueiro Marquinhos abriu o caminho para a vitória dos anfitriões no estádio Parc des Princes, ao marcar aos 12 minutos do primeiro tempo. Pouco depois, aos 42, o meia francês Adrien Rabiot ampliou.

Na etapa complementar, os gols só saíram nos dez minutos finais, primeiro, com o meia-atacante alemão Julian Draxler, depois, com o atacante francês Kylian Mbappé, e, por último, com o atacante francês Moussa Diaby.

Neymar não atuou na partida por opção do técnico alemão Thomas Tuchel, para ser preservado para o duelo com o Napoli, em casa, pela Liga dos Campeões. O PSG também não contou com o zagueiro Thiago Silva, mais um a sequer ficar no banco de reservas.

Ganso, que está emprestado ao Amiens pelo Sevilla, começou como titular e ficou em campo até os 19 minutos do segundo tempo, quando acabou substituído pelo volante francês Mathieu Bodmer.

Com a vitória, a equipe da capital chegou aos 30 pontos e abriu, provisoriamente, oito de frente para o vice-líder, Lille. A equipe do ex-meia do Santos, por sua vez, ficou estacionado na marca de dez, seguindo ameaçada pelo fantasma do rebaixamento.

Ainda neste sábado, o segundo colocado na tabela entrou em campo, já sabendo o resultado do PSG. A equipe levou a melhor sobre o Dijon por 2 a 1, fora de casa, voltando a ficar cinco pontos na frente do Lyon, que ontem passou Nimes por 2 a 0, na abertura da décima rodada.

O segundo gol do Lille foi marcado pelo meia brasileiro Luiz Araújo, ex-São Paulo. O meia-atacante marfinense Nicolas Pépé marcou o outro gol dos visitantes, cobrando pênalti. O meia argelino Mehdi Abeid, também da marca fatal, descontou para os anfitriões.

Outro destaque do sábado foi a estreia de Thierry Henry como técnico do Monaco, em derrota para o Strasbourg por 2 a 1, fora de casa, que acabou permitindo que a equipe do Principado caísse para a penúltima posição do Francês, o que resultaria em rebaixamento direito.

O meia francês Adrien Thomasson e o meia sul-africano Lebo Mothiba marcaram para o mandante. Nos acrescimos, o meia belga Youri Tielemans fez de pênalti o gol de honra dos visitantes, que atuaram por cerca de meia hora com um homem a menos, devido a expulsão do meia-atacante francês Samuel Grandsir.

O Monaco perdeu uma posição e virou vice-lanterna devido a goleada do Nantes sobre o Toulouse por 4 a 0. O meia-atacante Boschilia, cedido, justamente pelo time de Henry, fez o segundo da equipe amarela e verde. Já o atacante argentino Emiliano Sala balançou a rede três vezes.

Ainda neste sábado, foram registrados dois empates, entre Stade Reims e Angers em 1 a 1; e entre Caen e o lanterna Guingamp, que mantiveram o placar zerado por 90 minutos.

Esporte