PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Eto'o oferece ajuda a ex-jogador camaronês sem-teto

Samuel Eto"o  - Sergei Karpukhin/Reuters
Samuel Eto'o Imagem: Sergei Karpukhin/Reuters

30/08/2018 08h46

O atacante Samuel Eto'o prometeu ajudar o compatriota Norbert Owona, ex-capitão da seleção de Camarões, que passou a morar na rua desde que adoeceu e perdeu a família em um acidente, informou a imprensa camaronesa.

Eto'o, de 37 anos e considerado um dos melhores jogadores da história da África, entregou 500 mil francos CFA (cerca de R$ 3.500) a Owona para custear as necessidades alimentícias até que encontre uma nova residência onde possa viver em melhores condições.

Segundo a imprensa local, Owona gastou todo o dinheiro que tinha antes de adoecer e perder a família em um acidente, e acabou precisando viver na rua depois que o governo se negou a ajudar.

O caso ganhou popularidade e chegou ao conhecimento de Eto'o depois de aparecer em um documentário que explicava a história do ex-jogador. Owona, de 67 anos, jogava como meia e defendeu a seleção de Camarões nos anos 60 e 70.

O ex-jogador declarou que não tinha nenhuma relação pessoal com Eto'o antes de receber a visita do atacante e disse estar "comovido" pelo gesto do compatriota, o qual descreveu como "um homem com um grande coração".

Eto'o, jogador com mais títulos na história do continente, foi eleito o melhor jogador africano do ano em 2003, 2004, 2005 e 2010, e marcou 56 gols em 118 partidas pela seleção de Camarões.

Após uma passagem de três anos na Turquia, onde defendeu Antalyaspor e Konyaspor, Eto'o assinou há poucos dias com o Qatar SC.

Esporte