PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Presidente do Lyon admite negociação com Real Madrid por atacante dominicano

29/08/2018 13h30

Paris, 29 ago (EFE).- O presidente do Lyon, Jean-Michel Aulas, confirmou nesta quarta-feira que está negociando com o Real Madrid a transferência do atacante dominicano Mariano Díaz, que pediu para deixar o clube francês.

"Mariano nos indicou que queria sair. O Sevilla nos contatou, e entramos em acordo com eles. O Real Madrid tinha a possibilidade de igualar a oferta e nos contatou. Não está nada feito, ainda negociamos", afirmou o dirigente, em entrevista coletiva.

Segundo Aulas, o dominicano comunicou o desejo de mudar de clube há cerca de 20 dias. O mandatário do Lyon, inicialmente, fez contato com Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, que rejeitou fazer qualquer oferta pelo jogador, situação que mudou com a chegada de um possível comprador.

"A oferta do Sevilla chegou sem que tivéssemos pedido. Negociamos e chegamos a um acordo. Foi então, que o Real Madrid disse estar interessado", contou.

De acordo com a imprensa francesa, a proposta do clube da Andaluzia pelo atacante foi de 30 milhões de euros (R$ 145 milhões), mais 3 milhões de euros (R$ 14,5 milhões) variáveis.

O Real Madrid, segundo Aulas, fez valer a cláusula de recompra a que tem direito, estabelecida no contrato de venda de Mariano Díaz para o Lyon, assinado em junho de 2017.

"Deixaremos que Mariano se vá, desde que cheguemos a um acordo", disse o presidente, em recado direito ao atual campeão europeu.

O dominicano, de 25 anos, passou apenas uma temporada no Lyon, após ser contratado por 8 milhões de euros (R$ 38,6 milhões, em valores atuais). No período, o atacante anotou 21 gols.

Esporte