PUBLICIDADE
Topo

Esporte

FIA autoriza Force India a competir sob nova administração

23/08/2018 16h50

Redação Central, 23 ago (EFE).- A equipe de Formula 1 da Force India, que mudou de donos e passará a ser chamada de Racing Point Force India, foi autorizada nesta quinta-feira pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) a competir no Grande Prêmio da Bélgica no próximo final de semana.

A partir de agora, a antiga denominação da equipe, Sahara Force India, que ocupava a sexta posição do Mundial de Construtores, com 59 pontos, fica excluída do campeonato. A Racing Point Force India entrará na competição zerada.

Essa mudança não afetará os dois pilotos da escuderia, Sergio Pérez, com 30 pontos, e Esteban Ocon, com 29, então as posições no Mundial de Pilotos serão mantidas, com o mexicano em décimo e o francês em 12º lugar.

A escuderia, até então propriedade do indiano Vijay Mallya e com falência decretada, foi adquirida por um grupo de investidores da Racing Point, que tem participação do canadense Lawrence Stroll, pai do piloto Lance Stroll (da Williams), cujo futuro pode estar nessa nova escuderia na próxima temporada.

"A nova equipe Racing Point Force India está feliz de poder competir no reatamento do campeonato na Bélgica. Isto é um novo capítulo para nós. Há apenas algumas semanas o futuro era incerto, com mais de 400 postos de trabalho em risco, agora o novo equipe tem o apoio de um grupo de investidores liderado por Lawrence Stroll que acredita na equipe", afirmou em comunicado o diretor da equipe, o romeno Otmar Szafnauer.

Esporte