PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Empresa que vendeu ingressos de jogo contra o Brasil é multada na Colômbia

Renato Augusto disputa bola com Sánchez em Colômbia x Brasil - Jaime Saldarriaga/Reuters
Renato Augusto disputa bola com Sánchez em Colômbia x Brasil Imagem: Jaime Saldarriaga/Reuters

21/08/2018 18h26

Bogotá, 21 ago (EFE).- A Superintendência de Indústria e Comércio (SIC) da Colômbia impôs nesta terça-feira (21) uma multa de US$ 248 mil (quase R$ 1 milhão) à empresa Ticket Shop por enganar os torcedores que tentaram comprar ingressos para a partida entre a seleção do país e o Brasil pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

A empresa anunciou que venderia 6 mil ingressos para o jogo no dia 6 de agosto de 2017 e que todos se esgotaram em 42 minutos, mas a SIC encontrou evidências digitais e documentais de que as entradas não foram disponibilizadas ao público naquele dia.

Segundo o órgão, a empresa quis enganar os torcedores.

"A venda fictícia desses 6 mil ingressos era uma estratégia para fazer a SIC acreditar que as entradas para o jogo contra o Brasil tinham sido vendidas em conjunto com as da partida contra a Bolívia. E que os torcedores também teriam a opção de adquirir alguns ingressos para a partida contra o Brasil de forma independente", indicou o órgão colombiano.

A rapidez com que os ingressos sumiram no dia anunciada pela empresa irritou os torcedores nas redes sociais, que acessaram o site da Ticket Shop no horário previsto e não encontraram nenhuma entrada disponível para a compra.

"Conhecendo a impossibilidade de cumprir o anunciado, a empresa continuou informando através de sua página na internet, redes sociais e em mensagens enviadas aos consumidores que a venda havia ocorrido nas condições anunciadas, mas que os ingressos tinham acabado transcorridos 45 minutos depois do início da venda, o que era uma farsa", reiterou a SIC ao aplicar a multa.

A Ticket Shop também terá que pedir desculpas aos clientes em seu site na internet e deverá publicar um pedido similar em página inteira em um dos três jornais de maior circulação na Colômbia.

Na semana passada, a Fifa abriu uma investigação preliminar contra a Federação Colombiana de Futebol pela revenda irregular de ingressos dos jogos da seleção nas Eliminatórias.

Esporte