PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Benfica e Sporting vencem compromissos e seguem 100% no Campeonato Português

18/08/2018 19h47

(Atualiza com resultado de Sporting e Vitória de Setúbal).

Lisboa, 18 ago (EFE).- O Benfica superou fora de casa o Boavista, e o Sporting passou pelo Vitória de Setúbal, em seus domínios, e com isso ambos terminam o sábado na liderança do Campeonato Português, em dia de vitória do Chaves sobre o Portimonense graças a dois gols brasileiros.

No estádio do Bessa, no Porto, os Encarnados marcaram uma vez em cada tempo e venceram o adversário por 2 a 0. Aos 35 da etapa inicial, o atacante argentino Facundo Ferreyra balançou as redes, abrindo o placar. Depois do intervalo, aos 17, o meia-atacante português Pizzi deu números finais ao duelo.

Para o jogo deste sábado, o técnico Rui Vitória escalou o Benfica com o zagueiro brasileiro Jardel entre os titulares e ostentando a braçadeira de capitão.

O Boavista, que fica estacionado com três pontos, teve o goleiro Hélton Leite, ex-Botafogo, o zagueiro Raphael Silva, ex-Criciúma e Goiás, o zagueiro Neris, ex-Santa Cruz e Paraná, além do meia Rafael Costa, ex-Paysandu, que saiu do banco no decorrer da partida.

Logo depois da vitória do arquirrival, o Sporting entrou em campo e superou o Vitória de Setúbal por 2 a 1. O grande nome da partida foi o atacante Nani, que marcou duas vezes, aos 9 do primeiro tempo e aos 21 do segundo. O atacante português Zequinha descontou.

Os Leões contaram hoje com o lateral-esquerdo Jefferson, ex-Palmeiras e Fluminense, entre os titulares. O goleiro Renan Ribeiro, o volante Wendel e o atacante Raphinha passaram os 90 minutos no banco de reservas.

Com as duas vitórias obtidas até o momento, Benfica e Sporting aparecem com seis pontos, ambos com cinco gols marcados e dois sofridos, por isso, dividem a primeira colocação de maneira provisória.

Em outra partida disputada neste sábado, o Chaves passou pelo Portimonense por 2 a 0, em casa. O zagueiro Marcão, ex-Atlético Paranaense, fez o primeiro ao converter cobrança de pênalti, e o atacante Perdigão, ex-Cianorte, ampliou.

Esporte