PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Lopetegui considera reinventar Real sem Cristiano como "desafio apaixonante"

30/07/2018 20h31

Redação Central, 30 jul (EFE).- O técnico do Real Madrid, Julen Lopetegui, classificou como um "desafio apaixonante" a tarefa de reconstruir a equipe sem Cristiano Ronaldo, que deixou o clube após nove temporadas para atuar pela Juventus.

Esta foi a primeira vez que o treinador, demitido pela Espanha às vésperas da estreia na Copa do Mundo, falou sobre a saída do craque.

"Evidentemente é preciso reconhecer um dos jogadores mais importantes da história recente do Real Madrid. Ele manifestou o desejo de ir embora e o clube facilitou sua saída reconhecendo seu legado. Agora estamos contentes que (Gareth) Bale esteja conosco e convencidos de que fará um grande ano. Ele dará seu melhor e trabalharemos para isso acontecer", destacou Lopetegui.

"Quando cheguei ao clube ele (Cristiano) ainda estava, mas logo depois manifestou a decisão de sair. A partir daí, como treinador, é um desafio apaixonante reinventar uma equipe sem Cristiano, que seja competitiva, ambiciosa e que dispute todos os títulos. Vamos enfrentar esse desafio com o grande elenco que temos", continuou.

Para Lopetegui, Bale e Karim Benzema trabalharam de "maneira extraordinária" na primeira parte da temporada. E, para o novo técnico, a equipe tem capacidade de superar a saída do craque.

"Sobretudo, quero ressaltar a palavra equipe acima de individualidade. Assim sendo, temos grandes individualidades e esperamos que elas formem uma grande equipe", frisou.

O novo comandante merengue também falou sobre Keylor Navas e garantiu que o goleiro costa-riquenho seguirá na equipe, elogiando-o por ser decisivo para o Real Madrid nas últimas temporadas.

Lopetegui se esquivou de uma pergunta sobre contratações e disse preferir falar de "realidades". "Temos pendentes seis contratações: Ramos, Varane, Modric, Kovacic, Marcelo e Casemiro", afirmou, citando os jogadores em férias após a disputa da Copa do Mundo.

"Estamos encantados com a equipe que temos e convencidos de que vamos lutar por todos os objetivos. Se vier ou não algum jogador, serei um técnico feliz", ressaltou Lopetegui.

Sobre Vinícius Júnior, uma das caras novas do Real Madrid para a temporada, Lopetegui disse que o brasileiro é "extremamente jovem", mas "muito bom para a idade que tem".

"Para todos os efeitos, é nosso jogador, treinará conosco e terá minutos que iremos considerar. É um menino que gera esperança. Trabalharemos com ele para ajudá-lo nessa adaptação ao futebol europeu", disse o comandante do Real Madrid.

Esporte