PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Justo Villar se despede do futebol no campo em que começou carreira

30/07/2018 22h04

Assunção, 30 jul (EFE).- O goleiro Justo Villar, um dos principais nomes da posição no futebol do Paraguai, anunciou nesta segunda-feira a aposentadoria dos gramados.

A despedida foi gravada em um vídeo de apenas 1 minuto no campo da cidade de Cerrito, no departamento de Ñeembucú, no sul do país, onde o goleiro deu os primeiros passos dentro do futebol.

Pelas redes sociais, Villar agradeceu aos torcedores que o apoiaram desde o início de sua trajetória no mundo da bola.

"Olá, gente! Aqui, no campo de Cerrito, na cidade onde começou minha carreira como jogador desde pequeno, quero anunciar que vou deixar de jogar de maneira oficial", disse o goleiro no vídeo.

Apesar de pendurar as luvas, Villar afirmou que seguirá ativo no futebol "do outro lado", mas sem anunciar planos como dirigente.

Com o Paraguai, Villar esteve nas Copas do Mundo de 2002, 2006 e 2010. No Mundial da África do Sul, o goleiro foi decisivo na campanha histórica que levou a seleção às quartas de final.

Foram 119 partidas em 19 anos com a camisa da seleção. O jogo de despedida foi disputado no último dia 12, em um amistoso contra o Japão, vencido pelo adversário por 4 a 2.

Apesar da despedida da seleção, Villar seguiu jogando no Nacional, time que agora também deixará para se aposentar.

Entre outras conquistas da carreira, Villar foi eleito o melhor goleiro da Copa América de 2011, na Argentina. Apesar do bom desempenho, O Paraguai perdeu para o Uruguai na decisão por 3 a 0.

Esporte