PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Hamilton foge de pergunta sobre melhor piloto: "Resultados falarão por si"

Hamilton em ação pela Mercedes durante treino qualificatório para o GP da Hungria - REUTERS/Lisi Niesner
Hamilton em ação pela Mercedes durante treino qualificatório para o GP da Hungria Imagem: REUTERS/Lisi Niesner

28/07/2018 12h55

Mais rápido do treino oficial do Grande Prêmio da Hungria neste sábado, sob chuva, apesar do favoritismo da Ferrari, o britânico Lewis Hamilton se recusou a dizer que é o melhor piloto de Fórmula 1 da atualidade e preferiu afirmar que essa pergunta será respondida no futuro, com os resultados.

"Eu sei a resposta para essa pergunta, mas não cabe a mim respondê-la. Isso é algo que as pessoas devem avaliar. O que devo fazer é tentar ser o melhor e pilotar da melhor maneira possível sempre. Depois, os resultados falarão por si", afirmou Hamilton, que obteve a 77ª pole position da carreira, a sexta no circuito de Hungaroring.

O alemão Sebastian Vettel (Ferrari), vice-líder do Mundial, a 17 pontos do britânico, era o favorito à pole após ter sido o mais rápido em dois dos três treinos livres, mas não foi bem no asfalto molhado e largará apenas em quarto lugar.

"Cada um tem a sua opinião e os seus gostos. Mas o que está claro é que com mais dias como o de hoje farei mudar de opinião os que estão contra mim. Acredito que nas redes sociais ganho 100 mil seguidores a cada semana, então é sinal de que estou fazendo alguma coisa direito", ponderou, advogando em causa própria.

Sobre o treino oficial na Hungria em si, Hamilton admitiu que não esperava ser o mais rápido, o que, segundo ele, tornou a conquista da pole especial.

"Foi magnífico conseguir as duas primeiras posições do grid para a equipe. Foi muito complicado, porque começamos a classificação no seco e a pista foi molhando, até a classificação terminar em condições de chuva total. Foi extremamente exigente, e por isso estamos muito contentes", comentou.

"A verdade é que sabíamos que a Ferrari estava mais rápida no seco e mirávamos a segunda fila. Estarmos com os dois pilotos na primeira então é uma bênção. Agora precisamos tentar manter essas duas primeiras posições na corrida", acrescentou.

Fórmula 1