PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Italiano é excluído do Tour de France por "agressão grave" a adversário

22/07/2018 16h18

Carcassonne (França), 22 jul (EFE).- O italiano Gianni Moscon, companheiro na equipe Sky do líder geral do Tour de France, o britânico Geraint Thomas, foi excluído da competição por ter agredido um adversário na etapa realizada neste domingo.

Segundo os comissários do Tour de France, Moscon cometeu um "ato violento" contra um ciclista da equipe Fortuneo quando tentava ajudar seu companheiro Warren Barguil a escapar do pelotão.

O incidente foi considerado como uma "agressão particularmente grave". Por isso, os comissários decidiram exclui-lo da prova.

O ciclista italiano, de 24 anos, já protagonizou vários incidentes no passado. A Sky suspendeu Moscon na última temporada após ele ter proferido insultos racistas ao francês Kevin Reza.

No fim da temporada, o italiano foi acusado pelo suíço Sébastien Reichenbach, que tinha apoiado Reza, de ter provocado sua queda em uma competição posterior ao apoio. No entanto, Moscon foi inocentado por falta de provas.

A Sky mostrou apoio a Moscon e espera que os comissários do Tour de France modifiquem a decisão em relação ao ciclista.

Esporte