PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Vettel desbanca Bottas, aproveita problema com Hamilton e é pole na Alemanha

21/07/2018 12h11

(Atualiza com grid de largada).

Redação Central, 21 jul (EFE).- O alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, voou baixo neste sábado no circuito de Hockeinhem e garantiu a pole position do Grande Prêmio da Alemanha, em dia ruim para o arquirrival, o britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, que teve problemas mecânicos.

O líder da atual temporada cravou o tempo de 1min11s212 na última tentativa, estabelecendo o novo recorde da pista. O piloto mais rápido do dia, assim, acabou desbancando o finlandês Valtteri Bottas, também da Mercedes, que chegou a assumir a ponta, ao girar em 1min11s416, tempo que o garantiu o segundo lugar na sessão.

Esta é a 55ª pole de Vettel na carreira, que fica a dez de igualar o brasileiro Ayrton Senna, terceiro no ranking de largadas na liderança. A frente estão o alemão Michael Schumacher, com 68 e Hamilton, com 76.

Na temporada, o alemão chegou a cinco primeiros lugares na qualificação, ocupando o primeiro lugar neste quesito.

O resultado de hoje do piloto da Ferrari encerra uma série de três domínios da Mercedes em sessões de classificação. A escuderia vinha de poles do britânico na França e Grã-Bretanha, e de Bottas na Áustria.

Na segunda fila, estarão o finlandês Kimi Raikkonen, também da Ferrari, e o holandês Max Verstappen, da Red Bull. A Haas colocou dois carros na terceira fila, com o dinamarquês Kevin Magnussen em quinta, e o francês Romain Grosjean logo atrás.

Na sétima e oitava colocações estarão os pilotos da Renault, com o alemão Nico Hulkenberg a frente do espanhol Carlos Sainz. Piloto sensação da temporada, o monegasco Charles Leclerc, da Sauber, sairá em nono, e o mexicano Sergio Pérez, da Force India, fecha o 'top-10'.

Hamilton, por sua vez, viveu momentos de drama, no fim do Q1, ao sofrer com problemas no câmbio, que o fizeram abandonar a sessão. Como não entrou na pista na segunda parte da sessão - assim como o australiano Daniel Ricciardo -, o britânico, a princípio, terá que largar na 14ª posição.

O vice-líder da temporada, que está oito pontos atrás de Vettel (171 a 163), ficou a pé nos instantes finais da primeira parte da classificação, tentou empurrar o carro até os boxes, mas, foi orientado pelos fiscais a levá-lo para a área de escape. As câmeras flagaram o quatro vezes campeão inconsolável, junto ao carro.

Ricciardo, por sua vez, participou de maneira protocolar da atividade, pois, devido troca da unidade de potência, foi punido com obrigação de largar na última colocação na prova de amanhã, que começará às 10h10 (de Brasília).



Grid de largada do Grande Prêmio da Alemanha de Fórmula 1:.



.1. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) 1min11s212.

.2. Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) 1min11s416.

.3. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) 1min11s547.

.4. Max Verstappen (HOL/Red Bull) 1min11s822.

.5. Kevin Magnussen (DIN/Haas) 1min12s200.

.6. Romain Grosjean (FRA/Haas) 1min12s544.

.7. Nico Hülkenberg (ALE/Renault) 1min12s560.

.8. Carlos Sainz (ESP/Renault) 1min12s692.

.9. Charles Leclerc (MON/Sauber) 1min12s717.

10. Sergio Pérez (MEX/Force India) 1min12s774.

11. Fernando Alonso (ESP/McLaren) 1min13s657.

12. Sergey Sirotkin (RUS/Williams) 1min13s702.

13. Marcus Ericsson (DIN/Sauber) 1min13s736.

14. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) sem tempo.

15. Esteban Ocon (FRA/Force India) 1min13s720.

16. Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso) 1min13s749.

17. Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso) 1min14s045.

18. Lance Stroll (CAN/Williams) 1min14s206.

19. Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren) 1min14s401.

20. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) sem tempo.

Esporte