PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Thiago Braz é 6º colocado na etapa de Londres da Liga Diamante

21/07/2018 15h26

Londres, 21 jul (EFE).- Thiago Braz foi sexto colocado neste sábado na competição do salto com vara da etapa de Londres da Liga Diamante, em que ficou distante da disputa pela medalha de ouro, arrebatado pelo americano Sam Kendricks.

O brasileiro pulou a tentativa em 5m31, partindo direto para 5m46, que superou logo na primeira oportunidade. Depois disso, foram três saltos sem sucesso em 5m61, desempenho que o deixou fora da fase final da prova.

Atual campeão olímpico, Braz ainda não conseguiu encontrar a melhor forma após a vitória no Estádio Olímpico João Havelange, no Rio de Janeiro. Nesta temporada, o melhor desempenho do saltador, em pista descoberta, foi de 5m70, no meeting de Sotteville, na França.

Kendricks venceu batalha com o francês Renaud Lavillenie, ao conseguir marca de 5m92, enquanto o adversário passou em 5m86. O americano tentou avançar para 5m97 e 6m05, mas não obteve sucesso.

O sueco Armand Duplantis terminou em terceiro, também salto seis centímetros inferior ao do medalhista de ouro, assim como Lavillenie, devido o maior número de saltos.

Outro destaque foi o americano Ronnie Baker, que venceu a prova dos 100 metros rasos com 9s90, apenas dois centésimos abaixo do melhor tempo da carreira. A prata ficou com o britânico Zharnel Hughes, e o bronze com o sul-africano Akani Simbine.

Entre as mulheres, em disputa que não contou pontuação para a Liga Diamante, a jamaicana Shelly-Ann Fraser-Pryce, surpreendeu as adversárias, apenas um mês depois de voltar às pistas, encerrando período de afastamento para dar a luz ao primeiro filho. A velocista, de 31 anos e sete vezes campeã mundial, cravou 10s98.

Mais cedo, o britânico Tom Bosworth quebrou o recorde mundial dos 3 quilômetros da marcha atlética, prova que não consta do programa olímpico. O marchador marcou 10min43s09, no Estádio Olímpico da capital britânica, superando o feito do italiano Giovanni de Benedictis, que conseguiu 10min47s11, em 1990.

Esporte