PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Bronze no Mundial, marchador Caio Bonfim é suspenso por flagra em antidoping

20/07/2018 13h38

Redação Central, 20 jul (EFE).- Medalha de bronze no último Campeonato Mundial de Atletismo, o brasileiro Caio Bonfim foi suspenso por causa de flagrante em exame antidoping, conforme anunciou nesta sexta-feira a Unidade de Integridade do Atletismo, criada no ano passado pela federação do esporte (IAAF).

O marchador foi punido em primeira instância pela uso dasubstância bumetanida, um diurético proibido pela Agência Mundial Antidoping (Wada). O "gancho" de Bonfim é de seis meses e começou a ser contato em 1º de março deste ano.

O atleta do Brasil fez história em 13 de agosto do ano passado, ao conquistar a primeira medalha do país em prova de marcha atlética em Campeonato Mundial, ao terminar na terceira colocação nos 20 quilômetros.

A punição por doping não coloca em risco o resultado na competição, que fica mantido.

Em longo relatório apresentado hoje, a Unidade de Integridade de Atletismo divulgou o nome de 109 atletas punidos, seja por flagrante em exame antidoping ou até mesmo em envolvimento de esquema de uso ilegal de substância.

Entre os nomes estão os de três campeões olímpicas, a bareinita Ruth Jebet, que venceu a prova dos 3 mil metros com obstáculos, há dois anos, no Rio de Janeiro; o russo Ivan Ukhov, ouro no salto em altura, em Londres 2012; e o queniano Asbel Kiprop, que venceu os 1.500 metros, em Pequim 2008.

Esporte