PUBLICIDADE
Topo

Esporte

União do Magrebe Árabe quer candidatura norte-africana para a Copa de 2030

19/07/2018 19h23

Rabat, 19 jul (EFE).- A União do Magrebe Árabe (UMA, formada por Marrocos, Argélia, Tunísia, Mauritânia e Líbia) pediu nesta quinta-feira uma candidatura norte-africana conjunta para sediar a Copa do Mundo de 2030.

Em comunicado, o secretário-geral da UMA, Tayyip Bacuch, enviou uma carta aos chefes de Estado dos cinco países-membros para pedir a apresentação de uma candidatura conjunta "cuja preparação requer vários anos".

"Agora a Fifa privilegia mais as candidaturas conjuntas, e as próximas candidaturas são todas comuns", comentou o secretário-geral da UMA.

Bacuch pediu para que os países-membros "tirem lições" da última candidatura do Marrocos para tentar sediar a Copa de 2026, que foi apoiada por todos os países norte-africanos.

Além disso, prometeu que fará os esforços "necessários" para mobilizar apoio "africano, árabe e internacional" para uma possível candidatura norte-africana para 2030.

A candidatura marroquina para organizar a Copa de 2026 foi derrotada pela conjunta de Estados Unidos, México e Canadá.

Marrocos, que já se candidatou para sediar a Copa do Mundo cinco vezes (1994, 1998, 2006, 2010 e 2018), expressou no mês passado a intenção de tentar novamente para 2030 e concorrerá com outras propostas conjuntas: a de Argentina, Uruguai e Paraguai, e a de Inglaterra com Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales.

Esporte