PUBLICIDADE
Topo

Esporte

"Messi tem sempre que provar que é o melhor e isso não é fácil", diz Ayala

30/06/2018 10h36

Kazan (Rússia), 30 jun (EFE).- O ex-zagueiro Roberto Ayala, um dos principais nomes da seleção da Argentina na década de 1990 e início dos anos 2000, saiu em defesa de Lionel Messi neste sábado, antes do duelo da 'Albiceleste' contra a França, na Kazan Arena, pelas oitavas de final da Copa do Mundo.

"Messi já tem que carregar um peso sozinho, não só na Argentina, mas também no seu clube. Ele tem que provar que é o melhor, e nem sempre isso é fácil", disse Ayala em entrevista à Agência Efe.

"É um menino que se superou ano após ano e que encarou diferentes situações, sobretudo na seleção, que é onde talvez tenha sido mais castigado. Tomara que hoje seja uma partida na qual ele possa aproveitar", completou o ex-zagueiro, que teve passagens por clubes como Valencia, Napoli e Zaragoza.

Além disso, Ayala projetou uma partida complicada para a 'Albiceleste' contra a França, mas fez elogios à equipe de Jorge Sampaoli pela atuação na vitória sobre a Nigéria, por 2 a 1.

"Nesta fase, todas as partidas são complicadas, ainda mais sabendo que você está fora do Mundial se perder. É uma partida igual. Acho que a Argentina vem muito bem do último jogo, quando conseguiu encontrar um pouco de sua identidade e personalidade", explicou Ayala.

"Se ganhar é um passo grande contra uma seleção muito importante. Depois, não é fácil vendo o que há pela frente", respondeu Ayala ao ser perguntado se a Argentina seria uma das favoritas ao título se eliminar a França.

"Pelos jogadores, a Argentina é candidata, mas tem que provar dentro de campo", concluiu o ex-zagueiro, que disputou as Copas do Mundo de 1998, 2002 e 2006.

Esporte