PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Mertens elogia o Japão e diz que Bélgica não deve subestimar o adversário

30/06/2018 10h18

Rostov-no-Don(Rússia), 30 jun (EFE).- O atacante Dries Mertens mostrou prudência e respeito ao Japão, adversário da Bélgica nas oitavas de final da Copa do Mundo, em entrevista coletiva realizada neste sábado, dois dias antes do duelo na Rostov Arena.

"Somos cientes, por experiência, que este jogo contra o Japão pode ser o nosso último no torneio. Não devemos subestimá-los", disse o atacante da seleção da Bélgica.

Apesar do respeito, Mertens disse estar confiante de que a Bélgica estará nas quartas de final da Copa do Mundo, fase na qual pode enfrentar o Brasil, que antes precisa passar pelo México.

"Espero que seja um bom jogo e que vençamos. Mas não podemos esquecer que o Japão tinha um grupo difícil. Venceram a Colômbia e tiraram a Polônia da competição. De todas as formas, trabalhamos muito e temos confiança na vitória", ressaltou o atacante.

Titular dos dois primeiros jogos da Bélgica na Copa do Mundo e autor de um gol na vitória sobre o Panamá por 3 a 0, Mertens ficou no banco no triunfo sobre a Inglaterra, último jogo da fase de grupos, porque o técnico Roberto Martínez quis poupar parte do time.

"Estou muito orgulhoso do que fizeram os companheiros que jogaram diante de uma equipe como a Inglaterra. Tiveram a oportunidade de jogar uma Copa do Mundo e, se forem bem, é melhor para todos", elogiou atacante do Napoli, de 31 anos.

Mertens também afirmou que a Bélgica não fez contas na última rodada da fase de grupos para escolher qual caminho seria teoricamente mais fácil para chegar até a final.

"Estamos há muito tempo juntos e sempre pensamos que podemos ganhar todos os jogos. Não sei porque seria diferente desta vez", concluiu Mertens.

Esporte