PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Com 1998 na memória, Croácia e Dinamarca se enfrentam por lugar nas quartas

30/06/2018 06h27

Nizhny Novgorod, 30 jun (EFE).- Croácia e a Dinamarca se enfrentarão neste domingo, no estádio Nizhny Novgorod, em uma tentativa de igualar 1998, ano em que as duas se classificaram para as quartas de final e registraram suas melhores campanhas na Copa do Mundo.

O Mundial da França foi histórico para os dois países. Os croatas, com jogadores por Robert Prosinecki, Zvonimir Boban e Davor Suker, igualaram Portugal de 1966 como melhor estreante ao obter a terceira posição, depois de perder para a dona da casa de virada nas semifinais e ganhar da Holanda no último jogo.

Já a equipe escandinava, com a base campeã europeia de seis anos antes e o reforço de Michael Laudrup, que não participara da campanha continental, avançou até parar no Brasil justamente nas quartas.

Agora, são outras gerações que tentam fazer história para acabar com as perguntas sobre a campanha de 20 anos atrás, que costumam ser cansativas até para quem viveu a época dourada. Artilheiro da Copa de 1998 e hoje presidente da Federação Croata de Futebol, Davor Suker disse já não aguentar as comparações.

A seleção dos Bálcãs, até o momento, se mostrou uma das mais confiáveis deste Mundial. Estreou batendo a Nigéria sem sustos, atropelou a Argentina e na última rodada, mesmo com reservas, derrotou a Islândia por 2 a 1. No lado da chave com menos equipes tradicionais, tem chance de ir longe.

O técnico Zlatko Dalic soube rodar o elenco e chegar ao mata-mata sem desfalques e poderá repetir a escalação do triunfo sobre a Argentina no último dia 21, com destaque para Luka Modric, eleito o melhor em campo nos dois primeiros jogos da equipe na Rússia.

A Dinamarca também não teve maiores problemas para se colocar nas oitavas. Após ter vencido o Peru na estreia e empatado com a Austrália na segunda rodada, fez um jogo preguiçoso e de poucos riscos contra a França e obteve um empate conveniente para os dois, já que garantiu aos 'Bleus' a liderança do grupo C.

Mais uma vez, o treinador Age Hareide não sabe se terá à disposição o volante William Kvist, que fraturou a costela ainda enfrentando os peruanos e desde então não entra em campo. Por outro lado, o atacante Yussuf Poulsen retorna depois de ter cumprido suspensão.



Prováveis escalações:.

Croácia: Subasic; Vrsaljko, Lovren, Vida e Strinic; Brozovic, Rakitic, Rebic, Modric e Perisic; Mandzukic. Técnico: Zlatko Dalic.

Dinamarca: Schmeichel; Dalsgaard, Kjaer, Christensen e Stryger Larsen; Schöne (ou Kvist), Delaney e Eriksen; Poulsen, Sisto e Jorgensen. Técnico: Age Hareide.

Juiz: Néstor Pitana (Argentina), auxiliado pelos compatriotas Hernán Maidana e Juan Pablo Belatti.

Estádio: Nizhny Novgorod, em Nizhny Novgorod.

Esporte