PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Hierro confirma continuidade de De Gea e ignora críticas de Bernd Schuster

29/06/2018 09h49

Krasnodar (Rússia), 29 jun (EFE).- O técnico da seleção espanhola, Fernando Hierro, confirmou nesta sexta-feira que David de Gea continuará defendendo o gol da Espanha nas oitavas de final da Copa do Mundo, contra a Rússia, e não respondeu às críticas do ex-jogador e treinador alemão Bernd Schuster.

"O problema da Espanha é que Hierro não é treinador. Não tem experiência para fazer mudanças", disse Schuster à rádio "Onda Cero".

O técnico espanhol evitou polêmica em sua resposta: "Não vou avaliar, respeito a opinião de todo mundo, cada um é consequente com ela. Sou o técnico e cabe a mim tomar decisões. Se Bernd entende isso, é problema seu e não o meu. Cada um com a sua mentalidade", respondeu.

Hierro não vê razões para mudança no gol da Espanha e manterá De Gea como titular. Além disso, não quis confirmar nenhuma mudança além do que já tem em mente para as oitavas.

"A equipe já está pronta. Saberão no domingo. Entendemos os debates e respeitamos. Nós temos a nossa ideia e temos que tomar decisões. Vão entrar 11 jogadores que tentarão fazer o melhor possível", afirmou Hierro à "Radio Marca".

O treinador entende que durante uma grande competição, como o Mundial ou a Eurocopa, o foco e todos os debates se transferem dos clubes para seleção.

"Não estou passando por nada que os treinadores anteriores não tenham passado. Nunca entenderemos a realidade da situação, que os veículos de imprensa se centram em nós porque o futebol de clubes para. No resto do ano não há tanto debate", opinou.

Hierro também destacou o equilíbrio da Copa do Mundo, "tão igual que o Japão se classificou por cartões" e avaliou o nível da Rússia, adversário da Espanha nas oitavas, convencido de que seus jogadores têm experiência suficiente para derrotar a seleção anfitriã.

"Sabemos o bom da Rússia, que ataca rápido e tem sua bola aérea com cinco jogadores. Jogarão no seu estádio diante da sua torcida, mas entendemos que nossos jogadores treinaram bem e estão com vontade", concluiu.

Esporte