PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Técnico da Inglaterra diz que deixou Kane no banco por risco de lesão

28/06/2018 19h59

Kaliningrado (Rússia), 28 jun (EFE).- O técnico Gareth Southgate, da seleção inglesa, justificou a ausência do atacante Harry Kane na derrota para a Bélgica por 1 a 0, pela última rodada do grupo G da Copa do Mundo, pelo risco de perder o jogador por lesão.

"O jogo foi uma experiência. Não gostamos de perder, mas os objetivos que tínhamos, alcançamos. Acho que os torcedores entenderam. Nós tínhamos que lutar até o fim, mas se ponho Kane para os últimos 20 minutos e se contunde, seria ridículo. Todo mundo sabe que os jogos importantes são eliminatórios", afirmou o comandante.

Southgate destacou que o jogo teve nível mais alto o que os primeiros do 'English Team', nas vitórias sobre a Tunísia por 2 a 1, e sobre o Panamá por 6 a 1, mesmo com as mudanças que as duas seleções utilizando muitos reservas.

"A Bélgica controlou a posse, e nós tivemos dificuldade para pressionar. Ficamos correndo atrás da bola, mas, com relação as chances, provavelmente, teríamos empatados. Tivemos alguns erros e algumas chances no contra-ataque", avaliou.

Sobre as oitavas de final, em que os ingleses encararão a Colômbia, Southgate se mostrou confiante, embora reconheça a dificuldade que o adversário deverá impor.

"Será um jogo difícil, mas acho que poderemos ganhar. Será um desafio fantástico, tem muita torcida, grandes individualidades, mas sentimos que nossa equipe está melhorando", disse.

Esporte