PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Barcelona atropela Sevilla e conquista Copa do Rei da Espanha pela 30ª vez

21/04/2018 18h52

Madri, 21 abr (EFE).- O Barcelona não tomou conhecimento do Sevilla neste sábado, goleou o adversário por 5 a 0, em duelo disputado no estádio Wanda Metropolitano, em Madrid, e conquistou o título da Copa do Rei da Espanha pela 30ª vez na história, ampliando a hegemonia na competição.

O massacre começou com gol do atacante uruguaio Luis Suárez, anotado aos 14 minutos do primeiro tempo, após passe de Philippe Coutinho. A jogada foi iniciada com lançamento perfeito do goleiro holandês Jasper Cillessen, que substituiu hoje o alemão Marc-Andre Ter Stegen, para o meia brasileiro.

O atacante argentino Lionel Messi ampliou pouco depois, aos 31, ao completar bela assistência de calcanhar do lateral-esquerdo espanhol Jordi Alba. Pouco antes do intervalo, aos 40, Suárez balançou as redes mais uma vez.

Aos 7 do segundo tempo, o meia espanhol Andrés Iniesta fez o torcedor ir à loucura, ao estufar as redes, no que pode ser sua última decisão com a camisa do Barça. O veterano deverá se transferir para clube da China após o término desta temporada.

Philippe Coutinho balançou as redes aos 23, mas a arbitragem comandada por Jesús Gil Manzano marcou falta do zagueiro francês Clément Lenglet, que tocou a mão na bola, invalidando o lance. O próprio brasileiro foi para a cobrança, ao invés do batedor oficial, Messi, e estufou as redes, dando números finais ao duelo.

Além do ex-Vasco, o volante Paulinho participou da partida, entrando em campo aos 31 da etapa final, no lugar do espanhol Sergio Busquets. Brasileiros do Sevilla, o lateral-esquerdo Guilherme Arana e o meia Paulo Henrique Ganso não foram relacionados pelo técnico italiano Vincenzo Montella.

Este foi o 30º troféu conquistado pelo time catalão na Copa do Rei. Com isso, agora são sete títulos de vantagem para o Athletic Bilbao, segundo maior campeão. O Real Madrid é apenas o terceiro maior vencedor, com 19 taças erguidas.

O Sevilla, por sua vez, segue com cinco êxitos na competição nacional, que não consegue terminar em primeiro desde 2010, quando passou pelo Atlético de Madrid na decisão.

Esporte