PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fognini confirma que não pretende voltar ao Rio Open no ano que vem

24/02/2018 21h54

Rio de Janeiro, 24 fev (EFE).- Eliminado nas semifinais do Rio Open neste sábado ao perder para o espanhol Fernando Verdasco, o italiano Fabio Fognini, que até hoje disputou todas as edições do torneio, confirmou o que já havia falado ao longo desta semana: não pretende voltar à capital fluminense em 2019.

"Neste momento, digo que não (vou voltar). Porque não quero. Neste ano escolhi fazer a gira de saibro. Não é um problema com o Rio, gosto da cidade e me dou bem com o público, mas chegou um tempo que estou jogando bem em quadra rápida. Foi uma viagem longa, comecei na Austrália, passei pelo Japão por causa da Copa Davis e me planejei mal", declarou o italiano, que, no entanto, admitiu que repensaria a decisão caso o Rio Open passasse a ser disputado em quadra dura.

Fognini foi eliminado logo na estreia no ATP 250 de Buenos Aires na semana passada e na semana que vem participará do Brasil Open, em São Paulo. Hoje, ele perdeu para Verdasco por 2 a 0, com um primeiro set de domínio do adversário e uma segunda parcial equilibrada.

"Lutei ao máximo. Fui bastante mal no primeiro set, e até reagi no segundo. Em alguns momentos, consegui brigar game a game, e surgiram algumas oportunidades, mas não as aproveitei. Ele está em forma, é certamente favorito para vencer amanhã, mas estou feliz com o nível que apresentei nesta semana, fui melhorando a cada dia", analisou o vice-campeão do ATP 500 do Rio em 2015.

Esporte