PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Uefa transmite condolências à família de policial morto e condena incidentes

22/02/2018 21h26

Madri, 22 fev (EFE).- A Uefa expressou nesta quinta-feira suas condolências pela morte de um policial durante os incidentes ocorridos antes do jogo da Liga Europa entre Athletic Bilbo e Spartak Moscou e condenou "categoricamente" o que aconteceu nas imediações do estádio San Mamés.

"A Uefa quer enviar suas mais sinceras condolências à família e companheiros do policial falecido e condena categoricamente os episódios violentos ocorridos esta noite em Bilbao", afirmou a entidade em comunicado enviado à Agência Efe.

Além disso, informou que se mantém em contato com as autoridades locais "para obter mais informação sobre estes incidentes".

O morto é Inocendio Alonso García, de 50 anos e natural de Ermua (Vizcaya), que pertencia à Ertzaintza (polícia autônoma basca) e chegou a ser levado com vida para o Hospital de Basurto, mas não resistiu.

O agente caiu durante a intervenção policial feita para tentar conter o enfrentamento de torcidas no momento em que um rojão foi atirado por um homem russo em sua direção.

Fontes do Departamento de Saúde do governo Basco informaram que a morte foi causada por uma parada cardiorrespiratória, e que o agente não sofreu ferimento algum durante os distúrbios.

Esporte