PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Após empate na Argentina, Grêmio busca o bi da Recopa em Porto Alegre

20/02/2018 16h13

Porto Alegre, 20 fev (EFE).- Após o empate em 1 a 1 ocorrido na Argentina na semana passada, o Grêmio jogará por uma vitória simples contra o Independiente nesta quarta-feira, em Porto Alegre, para conquistar o título da Recopa Sul-Americana pela segunda vez na história, a segunda diante do mesmo adversário.

O Tricolor até saiu à frente no jogo disputado na última quarta no estádio Libertadores de América, em Buenos Aires, com Luan. Entretanto, o 'Rojo' buscou a igualdade em gol contra de Bruno Cortez.

Como em todas as finais de torneios da Conmebol, na Recopa, o gol qualificado não é critério de desempate. Dessa forma, quem vencer, ficará com o troféu e qualquer novo empate levará a partida para a prorrogação. Se ainda assim não houve vencedor, o título será definido em disputa de pênaltis.

O Tricolor tenta o segundo título da competição continental para se igualar ao São Paulo (1993 e 1994) e o rival Internacional (2007 e 2011). Em 1995, em jogo único disputado em Kobe (Japão), goleou justamente o Independiente por 4 a 1.

Para o jogo na Arena do Grêmio, o técnico Renato Gaúcho não tem à disposição o volante Arthur, que está em fase final de recuperação de lesão no tornozelo sofrido ainda na partida de volta da final da Taça Libertadores do ano passado, em que o time de Porto Alegre superou o Lanús.

Arthur já voltou a treinar com os demais companheiros, mas ainda não tem o ritmo de jogo necessário para uma decisão, o que levou Renato a adiar seu retorno. Outra ausência é o também meio-campista Ramiro, suspenso depois de ter sido expulso contra o 'Granate'.

Por outro lado, o centroavante Jael, que vinha com problemas musculares, foi liberado pelo departamento médico. A princípio, ele ficará entre os reservas.

O Independiente volta ao Brasil dois meses depois de ter conquistado o título da Copa Sul-Americana ao empatar com o Flamengo em 1 a 1 no Maracanã. Apesar do triunfo no Rio, o 'Rojo' não tem retrospecto favorável, já que vem de 12 jogos sem vencer no país e só saiu de campo com os três pontos em quatro das 30 vezes em que atuou em território nacional.

A única mudança que o técnico Ariel Holan realizará em relação à ida é a entrada do atacante Romero em lugar de Gigliotti, que recebeu cartão vermelho na semana passada por uma cotovelada em Kannemann.

Uma "novidade" na delegação do chamado 'Rei de Copas', maior vencedor da história da Libertadores, com sete taças, é o Bruxo Manuel, uma espécie de amuleto tanto para a equipe de Avellaneda quanto para a seleção argentina.



Prováveis escalações:.

Grêmio: Marcelo Grohe; Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Jailson e Maicon; Alisson (ou Lima), Luan e Everton; Cícero (ou Jael). Técnico: Renato Gaúcho.

Independente: Campaña; Bustos, Franco, Amorebieta e Silva; Domingo, Gaibor e Meza; Benítez, Menéndez e Romero. Técnico: Ariel Holan.

Árbitro: Enrique Cáceres (Paraguai), auxiliado pelos compatriotas Eduardo Cardozo e Juan Zorrilla.

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Esporte