PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Evento-teste para Copa 2018 tem Brasil e Espanha no grupo da morte, diz Puyol

30/11/2017 08h37

Moscou, 30 nov (EFE).- As seleções brasileira e espanhola estariam juntas no considerado grupo da morte da Copa do Mundo de 2018, de acordo com o evento-teste realizado nesta quinta-feira no Palácio do Kremlin, segundo contou um dos protagonistas, o ex-zagueiro do Barcelona Carles Puyol.

"Imaginem se este grupo da morte fosse de verdade?", comentou Puyol em sua conta do Twitter.

Além de Brasil e Espanha, o grupo seria integrado por Suécia, equipe que eliminou a Itália na repescagem, e também por Japão, um clássico do torneio.

A Espanha estará no urna dois do sorteio, por isso que pode cair no mesmo grupo de alguns cabeças-de-chave tidos como favoritos ao título, como Alemanha, França, Brasil e Argentina.

O comentário feito por Puyol está acompanhado por uma foto na qual o campeão mundial com a Espanha em 2010 aparece junto ao francês Laurent Blanc, o uruguaio Diego Forlán e os ingleses Gordon Banks e Gary Lineker.

Aposentado do futebol desde 2014, o antigo capitão do FC Barcelona é um dos oito escolhidos para tirar as bolas das oito urnas nas quais estarão distribuídas as 32 equipes classificadas na cerimônia que acontecerá na sexta-feira.

Além de Puyol, Forlán, Banks e Blanc, também foram convidados a participar da cerimônia Cafu, Maradona, Fabio Cannavaro e o veterano atacante soviético Nikita Simonián.

Esporte