PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Sauber anuncia parceria com a Alfa Romeo, que volta à F-1 após 33 anos

29/11/2017 10h51

Redação Central, 29 nov (EFE).- A Sauber anunciou nesta quarta-feira a assinatura de acordo de "colaboração comercial e técnica" com a montadora italiana Alfa Romeo, que retorna assim à Fórmula 1 depois de 33 anos.

"Este acordo é um passo significativo na remodelação da Alfa Romeo, uma marca lendária, que ajudou a construir a história deste esporte", afirmou, em comunicado, Sergio Marchionne, CEO do grupo Fiat e diretor-executivo da Ferrari.

A escuderia do Cavalinho Rampante, aliás, é parceira da Sauber, com direito ao fornecimento de motor, em acordo iniciado em 2010.

Agora, a partir de 2018, o time suíço, que já contou com Pedro Paulo Diniz e Felipe Massa, se chamará Alfa Romeo Sauber F1 Team. O carro e o macacão dos pilotos, inclusive, ostentarão a logomarca da montadora italiana.

O diretor-geral da equipe, Pascal Ricci, garantiu que todos estão orgulhosos de estar ao lado de uma "companhia de renome internacional", que decidiu retornar à Fórmula 1.

"A Alfa Romeo tem uma longa história de sucesso nos Grandes Prêmios. Confiamos que juntos poderemos conseguir grandes êxitos. Esperamos ter uma parceria longa e bem-sucedida", garantiu.

A empresa italiana conquistou os dois primeiros campeonatos da categoria, em 1950 e 1951, com o italiano Giuseppe Farina e o argentino Juan Manuel Fangio, respectivamente.

Entre 1980 e 1985, a Alfa Romeo retornou, com time próprio. O melhor resultado foi o sexto lugar, em 1983, anos em que os pilotos eram os italianos Andrea de Cesaris e Mauro Baldi.

Esporte