PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Inter de Milão vence Atalanta e assume vice-liderança do Italiano; Juve perde

19/11/2017 19h42

Roma, 19 nov (EFE).- A Inter de Milão derrotou neste domingo a Atalanta, no estádio San Siro por 2 a 0, e com isso assumiu a vice-liderança do Campeonato Italiano, ultrapassando a Juventus, que perdeu para a Sampdoria, fora de casa, e ficando atrás apenas do Napoli, que ontem bateu o Milan, em seus domínios.

O grande nome dos 'nerazzurri' na partida foi o atacante argentino Mauro Icardi, que abriu o marcador aos 6 minutos do segundo tempo. Pouco depois, aos 15, o camisa 9 repetiu a dose, levando os anfitriões aos 33 pontos, dois atrás do líder.

O zagueiro Miranda, titular da seleção brasileira, ficou em campo 90 minutos na Inter. O atacante naturalizado italiano Éder entrou em campo nos instantes finais, na vaga do artilheiro da partida. Já o lateral-esquerdo Dalbert passou todo o duelo no banco de reservas.

Na Atalanta, que permanece com 16 pontos, ocupando agora a 11ª posição, o zagueiro Rafael Tolói começou jogando, mas acabou substituído no decorrer da etapa complementar.

Então vice-líder, antes da disputa da 13ª rodada, a Juventus até tentou reagir, mas acabou derrotada para a Sampdoria por 3 a 2, no estádio Luigi Ferraris, em Gênova, permitindo que a Inter de Milão alcançasse a segunda colocação do Italiano.

Todos os cinco gols da partida saíram no segundo tempo. O atacante colombiano Duván Zapata abriu o placar aos 7 minutos. O volante uruguaio ampliou aos 26, e o zagueiro italiano Gian Marco Ferrari fez o terceiro dos mandantes aos 34.

A Juve esboçou uma reação heróica nos acréscimos, primeiro com o centroavante argentino Gonzalo Higuaín balançando as redes em cobrança de pênalti. Pouco depois, outro atacante argentino, Paolo Dybala, anotou o segundo dos 'Bianconeros'.

O lateral-esquerdo Alex Sandro, assim como outros titulares, foram poupados hoje no time de Turim, passando 90 minutos no banco. O meia-atacante Douglas Costa também começou como reserva, entrando no decorrer da etapa complementar.

Com a vitória, a Samp se consolida como postulante às vagas europeias do Italiano. A equipe está com 26 pontos, na sexta colocação na tabela.

O Torino, por sua vez, se distanciou da zona de classificação para competições continentais, ao empatar com o Chievo em 1 a 1, dentro de seus domínios. O atacante Andrea Belotti, titular da seleção italiana, chegou a perder pênalti, aos 28 minutos do segundo tempo.

Na etapa inicial, o meia finlandês Perparim Hetemaj abriu o placar para os visitantes aos 14 minutos. Pouco depois, aos 33, o meia italiano Daniele Baselli deixou tudo igual. Já no segundo tempo, aos 43, o time de Verona ficou com um a menos, devido a expulsão do volante sérvio Ivan Radovanovic.

A Fiorentina também ficou mais longe da briga por vaga na Liga Europa e Liga dos Campeões, ao não conseguir passar pela recém-ascendida Spal, longe de seus domínios. A partida terminou empatada em 1 a 1.

Os anfitriões saíram na frente aos 42 do primeiro tempo, graças a gol do veterano atacante italiano Alberto Paloschi. Os 'Violas' conseguiram marcar aos 35 da etapa complementar, com o jovem atacante italiano Federico Chiesa balançando as redes.

O Cagliari, por sua vez, se afastou da zona de rebaixamento ao derrotar a Udinese, fora de casa, por 1 a 0. O gol isolado da partida foi marcado pelo meia brasileiro João Pedro, ex-Atlético Mineiro, aos 9 minutos do segundo tempo.

Nos acréscimos, com auxílio da arbitragem de vídeo, o goleiro argentino Albano Bizzarri foi expulso, deixando os anfitriões com um a menos. Como a equipe de Udine já havia feito três substituições, o zagueiro Samir, ex-Flamengo, acabou indo para o gol.

Outro time que conseguiu importante resultado na luta para se afastar das últimas posições foi o Sassuolo, que superou o lanterna Benevento por 2 a 1, na casa do adversário. O Genoa, também atuando como visitante, superou o Crotone por 1 a 0 e segue em antepenúltimo.

Esporte