PUBLICIDADE
Topo

Esporte

River Plate e Lanús definirão 1º finalista da Libertadores nesta terça-feira

30/10/2017 15h56

Buenos Aires, 30 out (EFE).- O River Plate, em vantagem por ter vencido no estádio Monumental de Núñez por 1 a 0, visitará nesta terça-feira às 22h15 (de Brasília), o Lanús, no jogo de volta das semifinais da Taça Libertadores da América, que definirá o rival de Grêmio ou Barcelona, do Equador.

Há uma semana, o time grená lutou de todas as formas possíveis para levar a série em igualdade o estádio La Fortaleza. Aos 36 minutos do segundo tempo, os 'Millonarios' conseguiram arrancar o resultado positivo, com gol do atacante Ignacio Scocco, ex-Internacional.

Agora, o Lanús precisará devolver a vitória pelo placar mínimo para levar o duelo para os pênaltis. Caso consiga superar o adversário por dois gols ou mais de diferença, a equipe da casa se garantirá na decisão. Qualquer outro resultado fará com que o River Plate vá à decisão.

Campeão continental em 1986, 1996 e 2015, o time comandado por Marcelo Gallardo voltou todas as atenções para a competição continental tanto é que escalou time repleto de reservas no jogo com o Talleres, fora de casa, pelo Campeonato Argentino, em que os 'Millonarios' foram goleados por 4 a 0.

"O foco está no jogo desta terça-feira. Os jogadores ficaram em Buenos Aires e treinaram pensando no objetivo principal, que é a ida para a final da Libertadores", garantiu o treinador do River Plate, minimizando o revés na competição local.

Para o reencontro com o Lanús, o último desfalque no time de Buenos Aires é o lateral-esquerdo uruguaio Marcelo Saracchi, que sofreu lesão muscular na partida da semana passada. O mais provável é que o argentino Milton Casco ganhe a posição.

No mais, o 11 inicial que Gallardo utilizará na partida deverá ser o mesmo da última terça-feira.

No Lanús, o técnico Jorge Almirón deixou a desvantagem por 1 a 0 do jogo de ida de lado e deu declaração polêmica na semana passada, garantindo que o vencedor da série entre argentinos conquistará esta edição da Taça Libertadores.

"Vi o jogo do Grêmio (contra o Barcelona), e digo, que se passarmos nós ou o River, não será tão complicado. Desta chave sairá o campeão. Falo sério", afirmou o comandante da equipe grená.

Para o novo encontro com os 'Millonarios', o Lanús deverá ter a mesma escalação da partida da semana passada. As fichas seguirão apostadas no trio ofensivo, composto por Alejandro Silva, Lautaro Acosta e José Sand, ex-Vitória.



Prováveis escalações:.

Lanús: Andrada; Gómez, Guerreño, Braghieri e Velázquez; Marcone, Martínez e Pasquini; Silva, Acosta e Sand. Técnico: Jorge Almirón.

River Plate: Lux; Montiel, Maidana, Pinola e Casco; Pérez, Ponzio, Rojas e Fernández; Martínez e Scocco. Técnico; Marcelo Gallardo.

Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia), auxiliado pelos compatriotas Alexander Guzmán e Cristian De La Cruz.

Estádio: La Fortaleza, em Lanús (Argentina).

Esporte