PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Otero marca em vitória do Galo no clássico e é melhor estrangeiro da rodada

24/10/2017 16h52

São Paulo, 24 out (EFE).- O meia venezuelano Romulo Otero marcou um gol contra o Cruzeiro no último domingo, ajudou o Atlético-MG a vencer o clássico disputado no Mineirão por 3 a 1 foi o destaque do Troféu Efe Brasil na 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Otero tem agora 28 pontos e aparece em 18º lugar no ranking da premiação, liderado por dois goleiros. O uruguaio Martín Silva, do Vasco, é o primeiro colocado, com 52,5 pontos, e o paraguaio Gatito Fernández, do Botafogo, o segundo, com 50.

O Troféu Efe Brasil existe desde 2013, quando o argentino Andrés D'Alessandro, do Internacional, foi o vencedor. Nos anos seguintes, o prêmio foi conquistado pelo boliviano Marcelo Moreno (Cruzeiro), Pratto (Atlético-MG) e o uruguaio Giorgian De Arrascaeta (Cruzeiro).

Segundo o regulamento, são concedidos pontos a cada rodada por titularidade, gols, assistências, sofrer ou provocar um pênalti convertido em gol, participar de uma vitória ou de um empate de suas equipes fora de casa.

Além disso, são descontados pontos nos casos de gol contra ou expulsões. Já os goleiros recebem dois pontos por pênalti defendido e dois por não sofrerem gols em uma partida.



Classificação do Troféu Efe Brasil 2017:.



.1. Martín Silva (URU) Vasco 52,5.

.2. Roberto Fernández (PAR) Botafogo 50,0.

.3. Lucas Pratto (ARG) São Paulo 50,0.

.4. Juan Cazares (EQU) Atlético-MG 46,5.

.5. Stiven Mendoza (COL) Bahia 41,0.

.6. Santiago Tréllez (COL) Vitória 40,0.

.7. Jonathan Copete (COL) Santos 40,0.

.8. Fabián Balbuena (PAR) Corinthians 39,0.

.9. Ángel Romero (PAR) Corinthians 38,5.

10. Paolo Guerrero (PER) Flamengo 37,5.

11. Christian Cueva (PER) São Paulo 35,5.

12. Alejandro Guerra (VEN) Palmeiras 31,5.

13. Joel (CAM) Avaí 31,0.

14. Lucas Barrios (PAR) Grêmio 30,0.

15. Lucas Romero (ARG) Cruzeiro 29,5.

16. Lucho González (ARG) Atlético-PR 28,5.

17. Walter Kannemann (ARG) Grêmio 28,5.

18. Romulo Otero (VEN) Atlético-MG 28,0.

19. Miguel Borja (COL) Palmeiras 27,5.

20. Miguel Trauco (PER) Flamengo 27,0.

21. Joel Carli (ARG) Botafogo 26,5.

22. Eugenio Mena (CHI) Sport 24,5.

23. Robert Arboleda (EQU) São Paulo 24,5.

24. Jefferson Orejuela (ECU) Fluminense 24,0.

25. Orlando Berrío (COL) Flamengo 23,0.

26. Reinaldo Lenis (COL) Sport 22,5.

27. Luis Manuel Seijas (VEN) Chapecoense 22,5.

28. Agustín Allione (ARG) Bahia 22,0.

29. Gustavo Cuéllar (COL) Flamengo 20,5.

30. Oswaldo Henríquez (COL) Sport 20,0.

31. Yerry Mina (COL) Palmeiras 17,5.

32. Esteban Pavez (CHI) Atlético-PR 17,5.

33. Andrés Ríos (ARG) Vasco 16,5.

34. Ramón Ábila (ARG) Cruzeiro 16,5.

35. Ariel Cabral (ARG) Cruzeiro 14,5.

36. Giorgian De Arrascaeta (URU) Cruzeiro 14,0.

37. Júnior Sornoza (EQU) Fluminense 13,0.

38. Vladimir Hernández (COL) Santos 13,0.

39. Andrés Escobar (COL) Vasco 13,0.

40. Héctor Canteros (ARG) Chapecoense 11,5.

41. Jonatan Gómez (ARG) São Paulo 11,5.

42. Emiliano Vecchio (ARG) Santos 11,0.

43. Damián Escudero (ARG) Vasco 10,0.

44. Colin Kazim-Richards (TUR) Corinthians 9,0.

45. Beto da Silva (PER) Grêmio 8,5.

46. Cristian Penilla (EQU) Chapecoense 8,5.

47. Julio Buffarini (ARG) São Paulo 8,0.

48. Fabián Noguera (ARG) Santos 7,5.

49. Leo Valencia (CHI) Botafogo 7,5.

50. Yilmar Filigrana (COL) Coritiba 7,5.

51. Federico Mancuello (ARG) Flamengo 7,0.

52. Michael Arroyo (EQU) Grêmio 6,5.

53. Luis Caicedo (EQU) Cruzeiro 6,5.

54. Walter Montillo (ARG) Botafogo 5,0.

55. Diego Lugano (URU) São Paulo 4,0.

56. Gastón Fernández (ARG) Grêmio 4,0.

57. Pablo Armero (COL) Bahia 3,5.

58. Frickson Erazo (EQU) Atlético-MG 2,0.

59. Miller Bolaños (EQU) Grêmio 2,0.

60. Darío Conca (ARG) Flamengo 1,5.

61. Jorge Mendoza (ARG) Ponte Preta 1,5.

62. Alexander Baumjohann (ALE) Coritiba 1,5.

63. Jean Paul Pineda (CHI) Vitória 1,5.

64. Fernando Guerrero (EQU) Chapecoense 1,0.

65. Alexis Messidoro (ARG) Cruzeiro 0,5.

66. Luis Alí (BOL) Ponte Preta 0,5.

67. Andrés Chávez (ARG) São Paulo 0,5.

68. Leonardo Pisculichi (ARG) Vitória 0,5.

Esporte