PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Rummenigge revela que Ancelotti pediu desculpas após derrota para o Rostov

25/11/2016 18h57

Berlim, 25 nov (EFE).- Karl-Heinz Rummenigge, executivo-chefe do Bayern de Munique, revelou nesta sexta-feira que o técnico italiano Carlo Ancelotti se desculpou após a derrota sofrida na Rússia para o Rostov por 3 a 2, pela Liga dos Campeões da Europa.

"Carlo se aproximou de mim e pediu desculpas. Eu disse a ele: querido Carlo, aqui vencemos todos juntos e perdemos todos juntos, mas, o mais importante é que você tem nossa plena confiança", afirmou o dirigente.

A equipe bávara, com a derrota sofrida na quarta-feira, ficou sem chances de alcançar a liderança do grupo D da 'Champions'. Como já está classificada às oitavas de final, sabe que terá que decidir o primeiro duelo eliminatório do torneio fora de seus domínios.

Além disso, Rummenigge, que participa da assembleia de sócios do Bayern, atacou a imprensa pelo tratamento dado ao espanhol Josep Guardiola, que comandou o time até o fim da temporada passada, sendo substituído por Ancelotti.

"Parte dos veículos de imprensa questionou Pep. Fizeram campanhas sujas. Deu nojo", afirmou o dirigente.

Rummennige elogiou Guardiola, lembrando o balanço da passagem do técnico, com sete títulos em três temporada, embora não tenha conquistado a Liga dos Campeões da Europa.

"Anos como esses, não tínhamos vivido nem em nossos melhores momentos", disse o ídolo do Bayern de Munique.

Esporte