PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Neymar diz que Brasil deve esquecer derrotas e focar na conquista do ouro

26/07/2016 16h37

Teresópolis (RJ), 26 jul (EFE).- Principal nome da seleção olímpica masculina de futebol do Brasil, o atacante Neymar afirmou nesta terça-feira que a equipe deve se esquecer das recentes derrotas e se concentrar para lutar pela conquista da medalha de ouro inédita para os Jogos do Rio de Janeiro.

Em entrevista coletiva, Neymar disse que o que "passou, passou". Por isso, o Brasil não pode ficar lamentando eliminações em competições anteriores, como na final dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, quando a seleção foi derrotada pelo México.

O atacante, de 24 anos, mas um dos mais experientes do grupo, afirmou que assume a responsabilidade de trabalhar duro para estar pronto fisicamente e ajudar o Brasil a tentar vencer a esperada medalha de ouro nunca conquistada pelo futebol do país.

"Espero que no fim de tudo eu me iguale aos grandes campeões olímpicos e que a equipe inteira possa fazer história, trazer esse ouro tão difícil para o Brasil. É isso o que buscamos", disse Neymar na entrevista coletiva na Granja Comary, em Teresópolis.

O artilheiro afirmou que a possibilidade de perder não passa por sua cabeça e prometeu que fará o máximo para chegar à final do torneio olímpico de futebol, que será disputada no Maracanã.

Além disso, avaliou que o time, comandado pelo técnico Rogério Micale, tem "muitas coisas a melhorar", mas está em um bom caminho para conseguir o objetivo do ouro olímpico. E, na comparação com os Jogos de Londres, disse que mudou muito, evoluiu física e mentalmente, crescendo como jogador.

O atacante do Barcelona também falou de sua relação com os outros jovens jogadores da seleção olímpica. Neymar disse que não se vê como "ídolo" ou como "intocável" dentro da equipe e disse que quer ser tratado como "um amigo que está aqui para ajudá-los".

Esporte