PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Óscar Tabárez nega que esteja sofrendo da síndrome de Guillain-Barre

19/07/2016 15h45

Montevidéu, 19 jul (EFE).- O técnico da seleção uruguaia, Óscar Tabárez, garantiu em entrevista publicada nesta terça-feira que não sofre da síndrome de Guillain-Barre, embora esteja lutando contra uma neuropatia crônica, que afeta sua locomoção.

"Não digo que estou muito bem, mas estou bastante bem", afirmou o comandante celeste, em entrevista ao programa de televisão uruguaio "Subrayado".

Tabárez criticou a imprensa do país, pelas informações que foram veiculadas recentemente, como a notícia de que sofre de Guillain-Barre.

De acordo com o técnico, ele não sente qualquer dor, mas tem limitações motores, sobretudo para caminhar.

"É uma doença crônica. Está um pouco melhor e às vezes há certas oscilações. Deixo tudo nas mãos dos fisioterapeutas, com os médicos", detalhou Tabárez.

O uruguaio negou que pense em pedir demissão, não só pelo problema de saúde ou pelos resultados recentes, como a eliminação na fase de grupos da edição de centenário da Copa América.

Esporte