Novorizontino vence com gol contra e deixa o Botafogo-SP na lanterna da Série B

Com um gol contra aos 43 minutos do segundo tempo, o Novorizontino venceu por 1 a 0 o Botafogo-SP, nesta segunda-feira, na Arena NicNet, pela sétima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado deixou o time de Ribeirão Preto na lanterna.

O Novorizontino quebrou uma sequência de três tropeços consecutivos e subiu para os dez pontos, ainda longe de entrar na briga pelo G-4. O Botafogo, por sua vez, continua sem vencer, em último lugar, com quatro.

O primeiro tempo foi movimentado e com boas oportunidades de gol. Pressionado com os maus resultados e a eliminação na Copa do Brasil para o Palmeiras, o time da casa tentou esquecer o protesto da torcida para focar no que acontecia apenas dentro de campo. Aos 14 minutos, chegou com Alex Sandro, mas Jordi defendeu.

O Novorizontino apostou em jogadas pelos lados de campo com Paulo Vitor. Na melhor delas, ele deixou Lucca na cara de João Paulo. O atacante chutou com categoria, mas ficou na defesa do goleiro botafoguense.

O Botafogo pressionou no fim e criou mais uma chance com Emerson Negueba, aos 30 minutos. Ele driblou o marcador e encheu o pé. Jordi falhou e a bola ia sobrando limpa para Toró, mas Raul Prata se recuperar a tempo para salvar.

No segundo tempo, o time da casa cresceu e passou a pressionar o Novorizontino. Gustavo Bochecha e Patrick Brey criaram boas oportunidades, mas não conseguiram tirar o zero do marcador. Quando não erravam o alvo, Jordi aparecia para salvar o visitante.

Com a pressão da torcida aumentando, o Botafogo foi com tudo para o ataque e perdeu a melhor chance aos 41. Após cobrança de escanteio, Emerson Negueba arrematou em direção ao gol, mas Eduardo afastou em cima da linha.

Na continuação do lance, o Botafogo errou um cruzamento e deu de bandeja para o Novorizontino, que ligou o contra-ataque. Marlon ligou Neto Pessoa, que disparou, deu um 'drible da vaca' no defensor e, quando foi chutar, viu Carlos Manoel tocar por cobertura e fazer contra.

Antes do apito final, deu tempo para Jordi salvar mais uma vez. Matheus Barbosa mandou a bola para área, mas o goleiro do Novorizontino foi buscar para assegurar o triunfo.

Na próxima rodada, o Novorizontino enfrenta o Brusque no sábado, às 17h, no estádio Gigantão das Avenidas, em Itajaí (SC). Na segunda-feira, às 20h, o Botafogo visita o Santos, no Estádio do Café, em Londrina (PR).

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 0 X 1 NOVORIZONTINO

BOTAFOGO - João Carlos; Wallison, Lucas Dias, Bernardo Schappo (Ericson) e Patrick Brey (Leandro Pereira); João Costa (Carlos Manoel), Gustavo Bochecha (Matheus Barbosa), Emerson Negueba e Toró (Jean Victor); Alex Sandro. Técnico: Paulo Gomes.

NOVORIZONTINO - Jordi; Luisão (Rafael Donato), César Martins e Renato; Raul Prata (Rodrigo Soares), Marlon, Willian Farias (Eduardo) e Danilo Barcelos; Fabrício Daniel (Waguininho), Paulo Vitor (Neto Pessoa) e Lucca. Técnico: Eduardo Baptista.

CARTÕES AMARELOS - Jean Victor e Alex Sandro (Botafogo); Eduardo e Willian Farias (Novorizontino)

GOL - Carlos Manuel (contra), aos 43 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Sávio Pereira Sampaio (DF).

RENDA - R$ 27.165,00.

PÚBLICO - 2.004 pagantes.

LOCAL - Arena NicNet, em Ribeirão Preto (SP).