Vice-campeão, Milan cede empate ao lanterna e cumpre tabela na rodada final do Italiano

Em jogo com sabor de amistoso, Milan e Salernitana se despediram do Campeonato Italiano neste sábado com um inesperado empate por 3 a 3, na casa do time de Milão. A equipe rubro-negra chegou a abrir 3 a 1, mas afrouxou a marcação nos minutos finais e acabou cedendo a igualdade. O resultado não mudou a situação de ambos na tabela: o Milan encerrou sua campanha com o vice-campeonato, atrás apenas da arquirrival Inter de Milão.

O time milanês finalizou sua trajetória 75 pontos, bem atrás dos 93 da Inter, que ainda jogará nesta rodada final, no domingo. A Salernitana, por sua vez, voltará para a segunda divisão após marcar apenas 17 pontos em 38 jogos, numa das piores campanhas da história recente do Campeonato Italiano.

Os dois times entraram em campo já sabendo de suas posições finais na competição. Por isso, a partida teve clima de tranquilidade, quase de jogo-treino. Sem dificuldades, o Milan abriu 2 a 0 no placar, com gols de Rafael Leão e Giroud, aos 22 e aos 27 minutos do primeiro tempo.

No lance do primeiro, o atacante português aproveitou falha bizarra de Vincenzo Fiorillo. O goleiro da Salernitana tinha tudo para fazer uma fácil defesa, na pequena área, mas soltou a bola e viu o atacante do Milan só completar para as redes.

No segundo tempo, a Salernitana começou a esboçar reação. Após cobrança de escanteio na área, Simy subiu sozinho na segunda trave e cabeceou firme para as redes, aos 17. O Milan, contudo, reagiu prontamente e anotou o terceiro, dez minutos depois. Pulisic avançou pela esquerda e cruzou na área. Calabria surgiu de trás, surpreendendo a defesa, e cabeceou para marcar seu primeiro gol na temporada.

Com o passar do tempo, o jogo ganhava cada vez mais ares de amistoso. O Milan, então, exibia uma marcação frouxa, permitindo avanços perigosos do lanterna. Aos 41, Sambia bateu rasteiro de fora da área e o goleiro Antonio Mirante não alcançou. A torcida da Salernitana mal teve tempo para comemorar o segundo gol. O terceiro veio dois minutos depois, novamente com Simy, oportunista, aproveitando rebote do goleiro.

Nos minutos finais, o técnico Stefano Pioli fez seguidas substituições, com direito a mudar até mesmo o goleiro. Giroud foi um dos que deixou o gramado um pouco mais cedo. O atacante francês foi aplaudido de pé pela torcida. Ele marcou 49 gols em três temporadas pela equipe italiana.