Com bela atuação, seleção masculina derrota Sérvia por 3 sets a 1 na Liga das Nações de Vôlei

Em sua melhor atuação nesta edição da Liga das Nações, a seleção brasileira masculina de vôlei derrotou a Sérvia, nesta sexta-feira, no Maracanãzinho, no Rio, por 3 sets a 1, com parciais de 25/21, 25/20, 22/25 e 25/22. O time do técnico Bernardinho soma duas vitórias, uma derrota e volta a jogar no domingo, às 10 horas, contra a Itália.

Com Cachopa, Darlan, Mauricio Borges, Leal, Lucão, Judson e Thales no time titular - Lucarelli e Flávio poupados -, o Brasil jogou um equilibrado início de primeiro set, disputado ponto a ponto. As equipes se revezavam nos pontos de bloqueio, erros no saque e atuações individuais.

Com jogadas inteligentes de Leal e Darlan, fugindo do 'paredão', o Brasil abriu 20 a 16, a maior vantagem na partida, com direito a belo bloqueio de Judson. Sérvios forçaram os saques, mas erraram e o Brasil fechou a primeira parcial em 25 a 21, com sete pontos de Darlan.

No segundo set, o Brasil liderou o placar desde o início. Com Darlan e Leal em grande ritmo, a seleção abriu 12 a 9. A Sérvia aproveitou erros brasileiros no saque para encostar no placar (13 a 12), mas o bloqueio nacional voltou a fazer a diferença, inclusive com ponto do levantador Cachopa. Brasil fechou com 25 a 20 e 2 sets a 0.

O terceiro set também começou com grande disputa, mas os erros de saque sérvios e os pontos de Darlan colocaram o Brasil em vantagem por 14 a 12. Mas Atanasijevic e Kujundzic se esforçam ao máximo para manter a Sérvia com chances na partida e conseguiram a virada em 22 a 19, com cinco pontos na sequência. O Brasil tentou reagir com Leal, mas o set foi sérvio com 25 a 22.

A torcida sente o bom momento da Sérvia na partida e o Maracanãzinho chega a ficar em silêncio em alguns momentos. O quarto set é disputadíssimo, mas Darlan e Judson colocam o Brasil à frete, com 9 a 7. Masulovic faz dois pontos seguidos e empata.

O jogo ficou igual até os 18 pontos, quando Mauricio Borges,um dos melhores em quadra, se destacou e o Brasil conseguiu dois pontos em sequência. A vitória veio em mais um erro de saque da Sérvia: 25 a 22.