Com departamento médico lotado, Guarani tem dúvidas para buscar a reabilitação na Série B

Focado na busca pela reabilitação para sair da parte debaixo da tabela da Série B do Campeonato Brasileiro, o Guarani tem duas dúvidas para o duelo de sábado diante do Paysandu, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, às 21h, pela sétima rodada. O zagueiro Lucas Adell e o meia Chay saíram com dores da partida contra o América-MG e estão sendo reavaliados.

Lucas Adell vem sofrendo com desgastes físicos, que o fizeram ser substituído no decorrer do duelo passado, mas não deve ser problema daqui para frente. Já Chay levou uma pancada no tornozelo e sofre dores no local. Por isso, tem mais chances de ser desfalque, do que o companheiro.

Enquanto isso, o departamento médico continua cheio com o goleiro Pegorari, o zagueiro Márcio Silva, o lateral-direito Heitor, o lateral-esquerdo Vinicius Kauê, os meias Luan Dias e Bruno Oliveira, além dos atacantes Caio Dantas, Bruno Mendes e Airton. O técnico Júnior Rocha falou sobre essas baixas.

"A ideia é que alguns desses atletas possam vir a retornar, mas a gente respeita o tempo de cicatrização e recuperação. Ninguém vai forçar alguém a voltar e sentir de novo. A gente tem um departamento médico muito competente aqui. Estava falando com o Toninho Cecílio que a Série B está muito mais intensa neste ano e muitos times estão com jogadores lesionados", disse o treinador.

Atualmente, com apenas três pontos em seis jogos, o Guarani aparece na 19ª colocação. São cinco derrotas e apenas uma vitória neste começo de Série B.