Rybakina vence WTA 500 de Stuttgart com autoridade e conquista 3º título do ano

Elena Rybakina, classificada como número 4 no ranking mundial, fez história neste domingo (21) ao se tornar a primeira jogadora a conquistar três títulos em 2024. Ela venceu o WTA 500 de Stuttgart batendo com tranquilidade a ucraniana Marta Kostyuk, número 27 do mundo, com um duplo 6-2, em pouco mais de uma hora de jogo na final. Agora o troféu se junta aos outros dois conquistados em Brisbane e Abu Dhabi no início do ano, ambos em quadras duras. Com esta vitória, Rybakina alcançou seu oitavo título de WTA na carreira, o terceiro no saibro, e disputou sua quinta final na temporada.

Além dos três títulos em 2024, Rybakina, de 24 anos, também foi vice-campeã nos WTA 1000 de Doha e Miami. Ela permanecerá na quarta posição do ranking e está apenas um lugar abaixo de sua melhor classificação na carreira.

A tenista cazaque enfrentou três jogos longos em Stuttgart, precisando de três sets na estreia contra a russa Veronika Kudermetova, nas quartas contra a italiana Jasmine Paolini e também na semifinal contra a polonesa Iga Swiatek, número 1 do mundo e bicampeã do evento.

Apesar da derrota na final, Kostyuk, que jogou uma partida a mais na competição por não ser cabeça de chave, sairá de Stuttgart com o melhor ranking de sua carreira, subindo para o 21º lugar na segunda-feira (22). No caminho para a final, a ucraniana eliminou três jogadoras do top 10: Qinwen Zheng, Coco Gauff e Marketa Vondrousova.

Um fato curioso da final foi que a campeã de Stuttgart recebeu US$ 123.480 e também um carro esportivo da Porsche, principal patrocinadora do torneio. No entanto, Rybakina confessou não possuir carteira de motorista e disse que o prêmio a motivaria a começar a dirigir.