Golaço de Canobbio garante vitória do Athletico-PR sobre o Internacional em Curitiba

O Athletico-PR recebeu o Internacional no estádio Ligga Arena neste domingo e venceu por 1 a 0, em partida válida pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro. Cannobio fez o único gol da partida. O Athletico sobe para os seis pontos, ao lado do Inter.

O próximo compromisso do Athletico no Campeonato Brasileiro é no próximo domingo (28) contra o Juventude em Caxias do Sul. Antes disso, porém, o clube paranaense viaja até o Uruguai no meio de semana para enfrentar o Danubio na quarta-feira, em jogo válido pela 3ª rodada da Copa Sul-Americana. E o Internacional fará um roteiro parecido: enfrenta o Delfín, no Equador, na quinta-feira, pela Copa Sul-Americana, e depois recebe o Atlético-GO no domingo, no Beira-Rio, pelo Campeonato Brasileiro.

Os dois times começaram com muita vontade e fazendo um jogo equilibrado. Apesar de ter ficado menos com a bola, o Athletico controlou mais as ações ofensivas e foi mais perigoso quando desceu ao ataque, mas quem assustou primeiro foi o Inter, em chute para fora de Wesley, aos 16.

O time colorado voltou a levar perigo aos 36, em contra-ataque de Wesley, que mandou na rede pelo lado de fora. O Athletico respondeu em duas finalizações de Cuello, sendo que a primeira, aos 40, exigiu bastante do reflexo do goleiro Rochet na defesa, e na segunda, aos 41, a bola passou perto, mas foi para fora.

A primeira etapa ainda teve uma confusão, na qual Vitão acabou sendo expulso após fazer falta em Cannobio, mas o árbitro voltou atrás ao perceber que o zagueiro colorado não tinha levado nenhum amarelo antes. O destaque negativo ficou por conta da lesão de Wanderson, que saiu de campo de maca e chorando após torcer o tornozelo.

Na volta do intervalo, os dois times continuaram procurando o jogo e acelerando o ritmo. O Athletico começou assustando no primeiro minuto com Zapelli cobrando falta pela esquerda, fechado, mas Christian chegou atrasado na segunda trave e a bola foi para fora. Na sequência, o Inter foi ao ataque e Borré recebeu boa bola nas costas da zaga e chutou antes de entrar na área, mandando por cima do gol.

Aos 4 minutos, novamente o time da casa chegou com perigo com Kaíque Rocha aproveitando a bola espirrada fora da área e batendo de primeira sem deixar cair, mas o chute foi para fora. O Internacional respondeu na mesma moeda com Gustavo Prado dois minutos depois, cortando para a esquerda e desferindo uma bomba de fora da área. A bola bateu na placa atrás do gol e balançou a rede, enganando muita gente no estádio, que chegou a soltar o grito.

E o lance animou o Inter, que chegou mais duas vezes, com Wesley arriscando de fora da área aos 10 minutos, e com Christian, aos 13, de cabeça, para grande defesa de Bento. Aos 19, Borré recebeu na área e chutou para grande defesa de Bento. No rebote, o mesmo Borré mandou para o gol e Thiago Heleno salvou quase em cima da linha.

Precisando 'sair das cordas', o Athletico foi controlando o meio de campo e aos 25 minutos Canobbio marcou um golaço. O atacante recebeu no ataque e tentou o passe, mas a bola voltou para ele, que limpou Robert Renan e achou uma brecha, batendo com muita curva no ângulo, para abrir o placar: 1 x 0. Foi o quinto gol do uruguaio no ano, além de três assistências.

E Cannobio ainda achou tempo para ser expulso, após levar dois cartões amarelos em dois minutos por fazer faltas sucessivas. Com isso, Zapelli, que havia entrado no segundo tempo, foi o escolhido para dar lugar a Felipinho a fim do time garantir o jogo, que terminou com a vitória dos donos da casa.

FICHA TÉCNICA:

ATHLETICO-PR 0 X 0 INTERNACIONAL

ATHLETICO-PR - Bento; Léo Godoy (Madson), Kaique Rocha, Thiago Heleno e Lucas Esquivel; Fernandinho, Erick, Canobbio, Cuello (Christian) e Julimar (Zapelli) (Felipinho); Pablo (Mastriani)

Técnico: Cuca

INTERNACIONAL - Rochet; Hugo Mallo (Lucca), Vitão, Robert Renan e Renê; Rômulo (Thiago Maia), Bruno Henrique (Bustos) e Maurício (Bruno Gomes); Wesley, Borré e Wanderson (Gustavo Prado)

Técnico: Eduardo Coudet

GOLS - Cannobio, aos 25 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Leo Godoy (Athletico-PR); Hugo Mallo, Vitão, Robert Renan e Rômulo (Internacional).

CARTÃO VERMELHO - Cannobio (Athletico-PR).

ÁRBITRO - Felipe Fernandes de Lima (MG).

RENDA - R$ 1.308.600,00.

PÚBLICO - 29.784 torcedores.

LOCAL - Ligga Arena, em Curitiba (PR).