Wild pega finalista do Rio Open nas oitavas do ATP 250 de Bucareste e admite sorte na estreia

Após enfrentar uma longa batalha de mais de 3h contra Luca Nardi, o brasileiro Thiago Wild já sabe quem irá enfrentar nas oitavas de final do ATP 250 de Bucareste . O adversário será o argentino Mariano Navone, finalista do Rio Open e semifinalista do ATP 250 de Marrakech. O número 52º do mundo está em alta, tanto que venceu dez dos seus últimos 12 confrontos.

Para chegar nas oitavas de final, Wild precisou vencer Luca Nardi, parciais de 2 sets a 1, parciais de 6/3. 6/7 (5/7) e 7/6 (7/2). O italiano sofreu uma lesão no final, o que acabou contribuindo para o brasileiro sair classificado.

"Tive uma sorte ali no final com a infelicidade da lesão dele. Mas ao mesmo tempo não cheguei até lá se não tivesse lutado por cada bola e não chegaria lá se não lutasse por três horas. Foi um grande jogo, fiquei triste por ele, mas isso pode acontecer com qualquer um de nós. O importante foi ter ficado no jogo, lutado até o final. Não é a maneira que gostaria de ganhar, espero que o Luca se recupere rápido, mas é claro que estou feliz de estar na segunda rodada", afirmou o brasileiro.

Já Navone venceu o italiano Luciano Darderi, parceiro de Wild nas duplas, sem o desgaste sofrido pelo brasileiro. O argentino venceu por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 6/2, em 1h33min de partida.

Cabeça de chave número 5 em Bucareste, Navone nunca enfrentou Wild no circuito da ATP. Eles só se enfrentaram, até agora, em challengers na Argentina. Foram duas vitórias do argentino e uma do brasileiro, que volta à quadra nas duplas. Ao lado do italiano Luciano Darderi, enfrenta os campeões do Rio Open, o brasileiro Rafael Matos e o colombiano Nicolas Barrientos.