Corinthians recebe Atlético-MG e busca primeira grande vitória com António Oliveira

O Corinthians estreia no Brasileirão neste domingo, em duelo com o Atlético-MG na Neo Química Arena, a partir das 16 horas. Mais confiante após vencer o Nacional, do Paraguai, por 4 a 0 na terça-feira, pela Sul-Americana, o time paulista busca a primeira vitória contra um time de maior expressão sob o comando do técnico António Oliveira.

O português chegou um pouco antes da metade do Paulistão, quando os corintianos já haviam perdido por 2 a 1 para o São Paulo e por 1 a 0 para o Santos. O único clássico que disputou, portanto, foi com o Palmeiras. A vitória contra o maior rival não veio, mas o Dérbi foi inesquecível, já que os alvinegros perdiam por 2 a 0 e buscaram o empate por 2 a 2, com um jogador a menos, na Arena Barueri.

A equipe de Oliveira não se complicou em situações de mata-mata, que costumam ser de maior pressão, mas os desafios foram contra adversários menores: vitórias por 3 a 0 sobre o Cianorte e 2 a 0 sobre o São Bernardo, na Copa do Brasil.

De forma geral, apesar de atuações frustrantes, como o empate por 1 a 1 com o Racing-URU, em Montevidéu, o Corinthians tem se mostrado competitivo. Contra o Atlético, um dos clubes da Série A com melhor início de temporada, o time do Parque São Jorge tem a oportunidade de se provar capaz de brigar na parte de cima da tabela do Brasileirão.

Para isso, confia na força da Neo Química Arena, que, na terça, teve os piores público e renda da temporada, por causa dos altos preços dos ingressos, que custavam de R$ 35 a R$ 550. Para o jogo deste final de semana, os valores foram reduzidos e variam de R$ 28 a R$ 240.

"Temos de ser fortes em casa, é fundamental que a gente consiga vencer mais jogos em casa. Vamos buscar a vitória em todos os jogos, mas nesse ambiente, com a força da torcida e do grupo, vai ser fundamental para alcançar o objetivo", afirmou o auxiliar Bruno Lazaroni, que está no comando das coletivas na Sul-Americana porque António Oliveira continua sem comprovação do curso de licença do treinador da Uefa.

O português pode repetir a escalação utilizada na goleada sobre o Nacional. Igor Coronado, que entrou bem no segundo tempo e até deu assistência para o gol de Pedro Raul, não está em condições físicas ideais, após ter uma lesão muscular e contrair dengue. Por isso, ainda não deve aparecer no time titular.

O Atlético desponta como um dos favoritos a levar a taça por causa de seu estrelado elenco, que ganhou confiança com a chegada do técnico Gabriel Milito. O argentino ajeitou a equipe, que levantou na semana passada o troféu do Campeonato Mineiro ao derrotar o arquirrival Cruzeiro no Mineirão.

"Se iniciarmos bem, depois temos dois jogos em casa, acredito que vamos chegar com muita força para irmos longe no Brasileiro", afirmou Paulinho, atacante que foi o artilheiro da última edição do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS X ATLÉTICO-MG

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Félix Torres, Gustavo Henrique e Hugo (Matheus Bidu); Raniele, Fausto Vera e Rodrigo Garro; Wesley, Romero e Yuri Alberto. Técnico: António Oliveira.

ATLÉTICO-MG - Everson, Saravia, Jemerson, Bruno Fuchs e Guilherme Arana; Battaglia, Otávio (Rubens), Scarpa e Zaracho; Paulinho e Hulk. Técnico: Gabriel Milito.

ÁRBITRO - Yuri Elino Ferreira da Cruz (RJ).

HORÁRIO - 16 horas.

LOCAL - Neo Química Arena, em São Paulo (SP).