Bayer atropela Werder Bremen por 5 a 0 e conquista Campeonato Alemão após 120 anos de espera

O Bayer Leverkusen sagrou-se campeão alemão neste domingo ao massacrar o Werden Bremen por 5 a 0 na Bay Arena. O Bayer ficou a 16 pontos dos vice-líderes Bayern de Munique e Stuttgart a cinco rodadas do fim da competição e não pode mais ser alcançado. O Werden está em 12º, com 31 pontos - a cinco do Mainz, primeira equipe que deve disputar o playoff contra o rebaixamento.

O jogo começou com o Bayer sufocando o Werder pelo meio de campo. O time de Bremen não conseguia passar da faixa central do gramado. Aos 7 minutos, Hincapié finaliza no alvo para o Bayer, mas a chance é defendida por Zetterer.

O Werder ficava mais com a bola, mas a retinha no campo de defesa para não dar nenhuma chance aos anfitriões. Aos poucos, o Werder foi se soltando e adentrava o campo do Bayer, porém sem sucesso.

Quando atacava, o Bayer errava passes bobos, dando a impressão de o time estar nervoso sob a pressão da Bay Arena lotada. Foi então que, aos 21 minutos, Hofmann sofreu falta dentro da área, o árbitro foi chamado pelo VAR para rever o lance e marcou o pênalti a favor do Bayer Leverkusen. Boniface ajeitou a bola com carinho, cobrou a penalidade máxima e fez o gol.

O Bremen não se medrou e foi para cima do Bayer, mas deixou espaços atrás. Controlando o meio de campo, o time de Leverkusen empilhava jogadas ofensivas, mas infrutíferas. Aos 37, o goleiro Zetterer teve um chute de Adli que explodiu no travessão.

Na reta final do primeiro tempo, o Bayer seguia pressionando o Werder, mas sem resultado prático. Era como se os jogadores estivessem satisfeitos com o resultado até o momento.

O segundo tempo começou do mesmo jeito que o primeiro: com o Bayer dominando o meio de campo e avançando as linhas, sem dar espaço para o Werder. Até que aos 5 minutos, Leonardo Bittencourt finaliza no alvo, mas a chance é defendida pelo goleiro finlandês Hradecky.

O Bayer começou a dar espaços para o Bremen, que parecia não saber o que fazer com a bola. Por volta dos 14 minutos, Xhaka chutou de fora da área, marcando um golaço, sem chance para o goleiro Zetterer, para deixar o time ainda mais perto do título.

A partir daí, mesmo desconcentrado, o Bayer tomou completamente conta do jogo Era uma contagem regressiva para o título inédito até que aos 22 minutos Wirtz finalizou de fora da área, encobrindo o goleiro Zetterer. Mais um belo gol para coroar a festa da torcida, marcado por outro destaque da equipe na temporada.

Aos 37, mais um gol de Wirtz! O camisa 10 é lançado em contra-ataque, entra na área e chuta na saída do goleiro. Ansiosos para comemorar o título, alguns torcedores invadiram o campo para celebrar o quarto gol. Jogadores do Bayer Leverkusen pediram para a torcida voltar para a arquibancada.

Até que aos 44 minutos não deu para segurar mais a torcida. Wirtz dominou a bola na entrada da área e marcou o quinto gol do Bayer, dando lugar ao fim do jogo e à festa inapelável da torcida no gramado da Bay Arena.

FREIBURG 1 X 0 DARMSTADT

Mais cedo, o Freiburg venceu o Darmstadt por 1 a 0 e chegou a 39 pontos - na oitava posição. O Darmstadt é o lanterna, em 18º, com 14 pontos e está virtualmente rebaixado para a segunda divisão.