São Paulo inicia jornada no Brasileirão diante do Fortaleza sob desconfiança da torcida

O São Paulo entra em campo neste sábado, às 21h (horário de Brasília), para o seu primeiro compromisso no Campeonato Brasileiro. A equipe tricolor encara o Fortaleza, no MorumBis, sob desconfiança dos torcedores. O técnico Thiago Carpini balança no cargo e não conta com o prestígio dos são-paulinos, que têm a esperança de ver o time fazer uma campanha mais sólida na competição nesta temporada.

Apesar da vitória por 2 a 0 sobre o Cobresal na quarta-feira, a primeira do São Paulo na Copa Libertadores, o time saiu vaiado de campo. A equipe comandada por Carpini teve muitas dificuldades contra os chilenos, que ainda não venceram na temporada, e chegou a sofrer pressão do adversário, colocando o resultado positivo em xeque. André Silva, em gol chorado, e Calleri, pegando rebote do goleiro, deram sobrevida ao trabalho do treinador.

Mesmo com a torcida desacreditada no trabalho de Carpini, o treinador conta com o respaldo dos jogadores e da diretoria, que acreditam em uma evolução no desempenho da equipe ao longo da temporada. Em 16 jogos no ano, o São Paulo venceu sete, empatou seis e perdeu três, marcando 24 gols e sendo vazado 15 vezes. A equipe tricolor faturou a Supercopa do Brasil ao vencer o Palmeiras nos pênaltis, mas foi derrotado na marca da cal para o Novorizontino e caiu nas quartas do Paulistão, que terminou com o rival campeão.

Titular no meio de semana, Calleri deve ser poupado e não deve ir a campo. O centroavante argentino retornou de cirurgia recentemente e ainda não está 100%. James Rodríguez também deve ser preservado e não deve jogar. Carpini também não poderá contar com os meias Nikão e Lucas Moura, os laterais Rafinha, Patryck e Moreira, o volante Luiz Gustavo, e os atacantes Wellington Rato e Ferreirinha, todos estes no departamento médico.

A expectativa é de que Carpini não repita o esquema com três zagueiros e volte a escalar uma linha de quatro na defesa, com Ferraresi saindo para dar lugar a Wellington na lateral-esquerda. Rodrigo Nestor, herói do título da Copa do Brasil, entrou em campo diante do Cobresal depois de ficar quase seis meses longe dos gramados por lesão no joelho, e deve iniciar no banco de reservas.

Pelo lado do outro tricolor, o Fortaleza inicia mais um Brasileiro sob o comando do argentino Juan Pablo Vojvoda. O treinador já recebeu diversos convites para deixar o clube, mas recusou todos por gostar do projeto e estar adaptado com a família à capital cearense. O Fortaleza mais uma vez entra no campeonato com a missão de incomodar os adversários na parte de cima da tabela e garantir vaga em uma competição internacional. Após perder o Estadual, nos pênaltis, para o rival Ceará, o time estreia no Brasileirão embalado por vitória de 5 a 0 sobre o Nacional de Potosí, em casa, na Copa sul-americana.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO X FORTALEZA

SÃO PAULO - Rafael; Igor Vinicius, Arboleda, Diego Costa e Welington; Pablo Maia e Alisson; Erick, Luciano e Michel Araújo; André Silva. Técnico: Thiago Carpini.

FORTALEZA - João Ricardo; Tinga, Brítez, Titi e Bruno Pacheco; Zé Welison, Pochettino e Hércules; Yago Pikachu, Lucero e Moisés. Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

ÁRBITRO - Alex Gomes Stefano (RJ).

HORÁRIO - 21 horas.

LOCAL - MorumBis, em São Paulo (SP).