Ruud volta a ser 'carrasco' de Rune e se garante na final do ATP 500 de Acapulco

Em um jogo muito disputado, Cásper Ruud se garantiu na final do ATP 500 de Acapulco, no México, ao derrotar, neste sábado, Holger Rune por 2 sets a 1, parciais de 3/6, 6/3 e 6/4, em 2h23min de partida. Este foi o sétimo confronto entre eles, a primeira em quadra rápida, e a sexta vitória do norueguês, que voltará ao top-10 do ranking da ATP.

Ruud, número 11 do mundo, disputará a sua 20ª final na carreira. Com dez títulos, o norueguês pode confirmar a sua primeira conquista acima da categoria ATP 250. Em finais de Grand Slam, disputou o ATP Finals (2022), sendo derrotado por Novak Djokovic e o Master 1000 de Miami (2022) - ele acabou superado por Carlos Alcaraz.

Na decisão, Ruud encontrará Alex de Minaur, que derrotou o britânico Jack Draper por desistência, quando vencia por 6/2. 2/6 e 4/0. Seu adversário passou mal em quadra e optou por se retirar com 1h40min de partida. O australiano é o atual campeão de Acapulco.

Ruud e Rune fizeram um duelo agitado. O dinamarquês estava com a pontaria afiada no primeiro set, converteu seis aces e ganhou por 6/3 sem muitas dificuldades. Ele chegou a abrir 4/1 e só administrou a vantagem para largar na frente de um rival que vinha sendo uma "pedra em seu sapato".

Mas a história começou a virar no segundo set, quando Ruud se encontrou na partida e deu o troco na mesma moeda. Com 4 a 1 de vantagem, o norueguês só precisou evitar as quebras de serviço para fechar por 6/3.

O set derradeiro foi emocionante. Com uma expressão séria, Rune encaixou uma quebra no quarto game e largou em vantagem: 3 a 1. Quando o duelo estava no 4 a 2, o dinamarquês vencia por 40 a 15, mas permitiu a reação do rival, que venceu os quatro games consecutivos para aumentar a freguesia sobre Rune e ficar muito próximo de conquistar o seu primeiro título de nível 500.