Augusto Akio brilha e Brasil garante cinco skatistas nas semifinais do Pro Tour de Dubai

Augusto Akio mostrou nesta sexta-feira o motivo de ser a grande esperança do skate park do Brasil. O atleta entrou somente nas quartas de final do Pro Tour de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e deu show, com a melhor nota do dia para se garantir nas semifinais deste sábado. Dos oito representantes verde e amarelo na pista, cinco se garantiram entre os 16 melhores.

Akio não completou a primeira volta, e fez uma nota figurativa de 10,00. No segundo giro, aumentou bastante sua nota com 72,70, mas foi na última volta que anotou a melhor nota do dia, com 86,25, sobrando na frente. O espanhol Danny Leon, o segundo colocado, ficou mais de 3 pontos atrás, com 83,00, diante de 81, 10 do japonês Yuro Nagahara.

Na segunda colocação do ranking mundial, Augusto Akio busca pontos para ficar ainda mais perto de representar o País em Paris-2024. São até seis vagas para o Brasil, que ainda tem Luigi Cini na quinta posição e Pedro Barros como sexto melhor do planeta.

O Brasil não decepcionou nas quartas de final, com mais quatro classificados, três deles entre os 10 melhores. Entre eles, justamente o experiente Pedro Barros, de 28 anos, medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio e quinto melhor do dia, com 80,30 somado da primeira volta.

Os xarás Pedro Carvalho (7] com 79,87) e Pedro Quintas (9º, com 79,75) ficaram bem próximos e também com belo desempenho nas quartas de final. A última vaga ficou com Luiz Francisco, então o melhor da classificatória, com 82,00 pontos, que não conseguiu repetir o desempenho de quinta, mas também avançou com 78,98 somados no primeiro giro.

Apesar de ter colocado cinco atletas entre os 16 da semifinal, o Brasil lamentou a queda de outros três representantes nas quartas. Kalani Konig ficou em 21º, com 76,80. Mesmo melhorando a nota das classificatórias (75,30), ele não conseguiu avançar, assim como Héricles Fagundes, 24º com 73,20, e Dan Sabino, 31º com 56,90.