Botafogo supera Portuguesa e encerra jejum de cinco jogos no Paulistão

Depois de cinco jogos sem vencer, sendo quatro derrotas consecutivas, o Botafogo voltou a somar três pontos e se reabilitou no Campeonato Paulista. Neste domingo, o time de Ribeirão Preto se mostrou superior em campo, apesar da pressão final, e venceu a Portuguesa por 2 a 1, pela 10ª rodada, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).

Os gols da vitória foram marcados por Douglas Baggio e Patrick Brey, enquanto Vitor Andrade descontou para a Portuguesa.

Mesmo com a vitória, o Botafogo, com 11 pontos, está na lanterna (4º) do Grupo D, que ainda tem Novorizontino (18), São Paulo (15) e São Bernardo (15). A Portuguesa, que não perdia há duas partidas, segue com sete pontos na segunda colocação do Grupo A, que conta com Santos (22), Ituano (6) e Santo André (5). A Lusa tem um jogo a menos, contra o Palmeiras, atrasado por causa da Supercopa do Brasil.

O Botafogo dominou a partida desde o início. Com maior posse de bola e mais inspirado em campo, o time da casa criou as principais chances na primeira etapa. A melhor delas surgiu aos 28 minutos, quando o argentino Leandro Maciel recebeu na pequena área e bateu na trave do goleiro Thomazella. Na sequência, ele tentou de novo e o goleiro da Portuguesa se esticou todo para evitar o primeiro gol.

O Botafogo transformou o melhor momento em gol aos 34 minutos. Douglas Baggio recebeu cruzamento na medida pela direita de Emerson Negueba, subiu mais que a defesa e cabeceou forte para o fundo do gol, colocando o time da casa na frente.

A Portuguesa voltou com outra postura no segundo tempo e começou pressionando o Botafogo. Logo no começo teve a chance do empate quando Dudu Miraíma arriscou um sem pulo de fora da área e a bola passou perto do gol de Michael.

Mesmo melhor do que no primeiro tempo, a Portuguesa sofreu o segundo gol. Aos 11, o lateral-esquerdo Patrick Brey recebeu lançamento de Leandro Maciel e entrou em velocidade pela esquerda na área da Portuguesa. Ele cortou Robson e chutou forte na saída de Thomazella.

O jogo estava controlado, porém o Botafogo vacilou no final. Aos 36, após pressão da Portuguesa e bate e rebate na área, Vitor Andrade pegou sobra na esquerda, se livrou da marcação e bateu de direita, de fora da área, para descontar. No final, a Portuguesa tentou o empate, mas o Botafogo segurou a vitória.

Pela 11ª rodada, o Botafogo recebe o Guarani na sexta-feira, às 18h30, novamente em Ribeirão Preto. Na última rodada, encara o Palmeiras fora de casa. Já a Portuguesa joga no sábado, às 18h, quando recebe o Mirassol no Canindé, em São Paulo. Depois, encerra a primeira fase diante do Novorizontino, fora.

FICHA TÉCNICA:

BOTAFOGO 2 X 1 PORTUGUESA

BOTAFOGO - Michael Fracaro; Wallison (Thássio) (Ericson), Matheus Costa e Bernardo Schappo; Emerson Negueba, Matheus Barbosa (Carlos Manoel), Lucas Dias, Leandro Maciel e Jean Victor (Patrick Brey); Douglas Baggio (Pedro Rodrigues) e Alex Sandro. Técnico: Alexandre Faganello.

PORTUGUESA - Thomazella; Robson, Quintana (Henrique Dourado) e Patrick; Douglas Borel (Talles), Dudu Miraima, Tauã (Ricardinho), Giovanni Augusto e Eduardo Diniz; Felipe Marques (Maceió) e Paraizo (Vitor Andrade). Técnico: Pintado.

GOLS - Douglas Baggio, aos 34 minutos do primeiro tempo. Patrick Brey, aos 11, e Vitor Andrade, aos 36 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Emerson Negueba e Pedro Rodrigues (Botafogo); Douglas Borel, Patrick e Tauã (Portuguesa).

CARTÃO VERMELHO - Pintado (Portuguesa).

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araújo.

RENDA - R$ 102.255,00.

PÚBLICO - 3.793 pagantes (4.280 no total).

LOCAL - Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).