Beatriz Ferreira vence por nocaute nos Estados Unidos a quarta luta no boxe profissional

Beatriz Ferreira somou, neste sábado, a quarta vitória no boxe profissional, ao vencer a americana Destiny Jones, por nocaute, no oitavo assalto, em duelo realizado em São Francisco, Califórnia, Estados Unidos. Bia está invicta, com dois nocautes e duas vitórias por pontos.

"Estou muito feliz com o resultado porque estou conseguindo manter a carreira profissional e olímpica. Eu sei que não vou ter luta fácil. Por isso sempre estou muito bem preparada. Ano que vem quero fazer mais duas lutas antes dos Jogos Olímpicos", disse a boxeadora, que festejou no vestiário os 31 anos de idade.

Em 2024, a brasileira, vice-campeã olímpica em Tóquio, vai tentar a medalha de ouro em Paris. "Depois o objetivo será o título mundial no profissional. Mas sei que é muito difícil e quero me preparar da melhor forma."

Diante de Jones, Bia mostrou grande versatilidade técnica e variedade de golpes. Com muita velocidade,a brasileira logo anulou o bom, mas lento, jab da adversária, com uma sequência de upper, cruzado e direto.

A americana quis atuar mais na curta distância, mas Bia, com movimentação de pernas, saiu bem pelos lados e atingiu a rival com precisos golpes, a ponto de obter uma queda no final do sétimo assalto. No retorno para o oitavo round, o juiz chamou o médico, que examinou Jones e apontou o fim do combate.

"Vou ter férias, retorno no começo do ano para me preparar para duas lutas profissionais, depois foco na Olimpíada, onde quero lutar pela medalha de ouro, e aí vamos treinar muito para tentar o título mundial", disse a lutadora, que teve de receber uma sutura no supercílio esquerdo, aberto por uma cotovelada seguida por um direto de direita.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes