Wellington Paulista e mais cinco são dispensados do América-MG após queda no Brasileirão

O América-MG iniciou a semana anunciando o início da reformulação de seu elenco. Rebaixado no Brasileirão e com orçamento bem menor para 2024, o clube anunciou a saída de seis jogadores, entre eles o experiente Wellington Paulista e os ex-são-paulinos Pedrinho e Paulinho Boia.

"O América Futebol Clube informa que os atletas Renato Kayser, Pedrinho, Marcinho, Mikael, Paulinho Boia e Wellington Paulista têm contratos encerrando ao fim desta temporada e não terão os vínculos renovados. O Clube agradece a todos pelos serviços prestados e deseja sucesso na sequência de suas trajetórias. O América é grato àqueles que engrandecem o seu pavilhão", informou o clube mineiro.

Wellington Paulista já esteve em possível lista de adeus do América-MG no fim de 2022. Mesmo assim, os dirigentes resolveram dar mais um voto de confiança ao atacante, então com 39 anos, e renovaram por mais uma temporada. Agora, o ciclo se encerra.

Envolvido em polêmica após agredir a namorada e ser dispensado do São Paulo, Pedrinho chegou ao América em julho, mas não repetiu o bom desempenho da primeira passagem por Belo Horizonte e será devolvido ao Lokomotiv Moscou.

Nenhum deles atuou na despedida do clube no Estádio Independência, na vitória por 3 a 2 sobre o Bahia, neste domingo. A diretoria ainda deve perder outras peças que vinham atuando com frequência. Mastriani, Martínez e Benítez receberam proposta e devem ser negociados para o clube enxugar a folha salarial para a Série B de 2024.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes