Ex-Alfa Romeo, Sauber promete surpreender com nova parceria na Fórmula 1

Depois de seie anos com sua equipe de Fórmula 1 competindo sob o nome de Alfa Romeo, como fruto de um acordo de patrocínio, a Sauber terá um novo parceiro no próximo ano, já que a parceria com a marca italiana de automóveis de luxo chegou ao fim.

De acordo com Alessandro Alunni Bravi, chefe da empresa suíça de automobilismo, o anúncio do novo nome da equipe será surpreendente.

"No dia 10 de dezembro, tão logo a Federação Internacional de Automobilismo publique a lista de inscritos, anunciaremos, é claro, o novo nome da equipe. Acho que será uma surpresa. Mal podemos esperar para iniciar a parceria com nossos novos parceiros, acho que teremos uma abordagem realmente nova em termos de comunicação, marketing e faremos o lançamento do carro aqui no Reino Unido", afirmou durante premiação da revista Autosport.

A Sauber competiu na Fórmula 1 de 1993 até 2018 com seu próprio nome atrelado a algumas marcas como Red Bull, Petronas e BMW, mas quando firmou o acordo com a Alfa Romeo, o nome da equipe passou a ser apenas da parceira.

A partir de 2026, a Sauber se tornará a equipe de fábrica da Audi, atraída para a Fórmula 1 após a reformulação do regulamento de motores, que determina maior uso de potência elétrica e combustíveis sustentáveis

Apesar do acerto com a Audi, a equipe suíça já deixou claro de que não exibirá nenhuma referência à Audi em seu carro de Fórmula 1 até 2026. "Não é um período de limbo, construímos nosso futuro aqui e agora, não é que haja uma separação entre o período Sauber e o período Audi. Estamos trabalhando desde o início do ano com o CEO do nosso grupo, Andreas Seidl, para este processo de transformação", disse Bravi.

Errata:

o conteúdo foi alterado

  • Diferentemente do que foi informado, a parceria entre a Alfa Romeo e a Sauber durou seis anos. O erro já foi corrigido.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora