Botafogo tenta quebrar série negativa contra Cruzeiro no Engenhão

Botafogo e Cruzeiro fazem um duelo de objetivos opostos neste domingo, às 18h30, no Engenhão, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto o alvinegro carioca quer continuar sonhando com a liderança, o time mineiro luta para permanecer na divisão no próximo ano.

O Botafogo não vence há nove jogos e vem de empate com o Coritiba por 1 a 1, também em circunstâncias anormais. Fez seu gol, aos 50 minutos. De pênalti, com Tiquinho Soares, mas levou o empate aos 53 do segundo tempo, marcado por Edu. O time carioca perdeu o controle emocional, despencou de produção e tenta reencontrar o caminho das vitórias para ir para a última rodada com chances de título.

O Botafogo tem um grande problema. Um dos seus principais jogadores, o meia Eduardo, cumprirá suspensão após ser expulso diante do Coritiba. Por outro lado, Danilo Barbosa retorna e deve reassumir sua posição entre os titulares. O técnico Tiago Nunes contará com o atacante Diego Costa, recuperado de lesão. Ele disputará posição com Hugo para a vaga de Eduardo.

"Não vou pensar no jogo de Porto Alegre (contra o Internacional, na última rodada) antes do jogo contra o Cruzeiro, temos responsabilidade jogo a jogo. Temos que deixar uma imagem para o torcedor mesmo que seja difícil (o título). Como já repeti outras vezes, é um momento de a gente tentar passar um pouco da experiência acumulada aos jogadores", disse Nunes.

O Cruzeiro, por sua vez, vem de um empate por 1 a 1, no Mineirão, com o Athletico-PR, que praticamente assegurou sua permanência na divisão. O time celeste tem 45 pontos e exonera as chances de rebaixamento em caso de vitória, indo aos 48.

O técnico Paulo Autuori não deve contar ainda com Mateus Vital, com um trauma no pé. Ele indicou também que poderá preservar os jogadores considerados mais desgastados. Por outro lado, o Cruzeiro não terá o lateral William, suspenso. A tendência é que Helibelton Palácios assuma a função no setor.

"Isso nos leva a pensar que, quando olhamos para aquilo que nos interessa, que é a nossa equipe, que nós temos plenas condições. Não vou contar um pontinho, vou contar seis pontos, se mantiver o que fizemos nesses quatro jogos", disse o treinador, que mantém seu tom de cobrança. Desta forma ele somou oito pontos nos últimos quatro jogos, com duas vitórias e dois empates.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes