Renato se despede de Suárez: 'Foi um prazer! Não só pra mim, mas para o torcedor do Grêmio'

Maior ídolo da história do Grêmio, o técnico Renato Gaúcho soube expor o sentimento do torcedor gremista, nesta quinta-feira, com a proximidade da saída do atacante Suárez ao final do Campeonato Brasileiro. O treinador, em entrevista coletiva, após a vitória, de virada sobre o Goiás, aproveitou para elogiar o uruguaio e pedir à torcida uma homenagem especial ao jogador, domingo, contra o Vasco, na Arena, em Porto Alegre.

"Temos que lotar a Arena. É o último jogo, não só do Suárez, mas também do Grêmio no ano em Porto Alegre, temos que dar uma despedida a altura para ele", disse Renato. "Foi um prazer! Não só pra mim, mas pro torcedor que o abraçou também."

Renato reconheceu que vai ser complicado substituir Suárez por um jogador do mesmo nível. "É difícil! É difícil! É difícil! Não pense que o clube não está se movimentando", afirmou. "Vai ficar um vácuo nessa posição, porque não é fácil encontrar um jogador com o talento dele. Ele quer jogar todos os jogos e não machuca. Nós vamos sentir saudades dele, com certeza!"

Sobre a sequência no Brasileirão, Renato ainda não desistiu de lutar pelo título. "Mais uma vez garantimos o Grêmio na Libertadores, no momento na pré, mas temos mais dois jogos, ainda temos chance de brigar pelo título, enquanto houver chances matemáticas, mas o mais importante é que o primeiro passo a gente deu que foi colocar o clube na Libertadores."

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes